URCA em parceria com o SEBRAE atua na demarcação do cipó uva na região.

    Os municípios da Chapada do Araripe são os principais responsáveis pela produção do mel, com destaque para o mel obtido da flor do cipó uva, cujo preço no exterior tem sido um dos mais valorizados.

     

    O cipó uva é encontrado, em maior quantidade, na região do Cariri e a Universidade Regional do Cariri (URCA), por meio da Pró-reitoria de Extensão, através da Fundação Desenvolvimento Tecnológico do Cariri (Fundetec), firmou parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), com a finalidade de realizar consultoria gerencial e tecnológica, visando mapear e demarcar a ocorrência do cipó uva na região do Cariri cearense.

     

    O trabalho será desenvolvido por meio do projeto “Indicação Geográfica do Mel de Abelha da Flor do Cipó Uva da Biorregião do Araripe”. O contrato para execução dos trabalhos foi assinado pelo reitor da URCA, professor Plácido Cidade Nuvens, a diretora superintendente da Fundetec, Meiriane Aragão, o superintendente do SEBRAE, Carlos de Morais Cruz e o diretor técnico, Alci Porto.

     

    O Ceará fechou o primeiro semestre deste ano como o segundo maior exportador de mel do País, perdendo apenas para São Paulo. Os municípios da Chapada do Araripe são os principais responsáveis pela produção do mel no Estado.