UEM vai sediar exame de certificação em Libras.


    O professor Olinto Furtado (foto), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), esteve na UEM, nesta terça-feira (8). Furtado faz parte da Comissão Permanente do Vestibular (Coperve), que vai operacionalizar a quinta prova do Exame Nacional para Certificação de Proficiência no Uso e no Ensino da Libras e para Certificação de Proficiência na Tradução e Interpretação da Libras, denominado Prolibras. Este ano, além das capitais, cinco cidades do interior vão sediar as provas, uma delas é Maringá, por meio da UEM.

     O professor esteve na Rádio Universitária UEM-FM informando que as inscrições ao Exame estão abertas até dia 30 deste mês. Poderão inscrever-se no Prolibras para a Certificação na duas categorias, candidatos de nível médio e nível superior. As inscrições devem ser feitas exclusivamente pelos sites www.prolibras.ufsc.br ou no www.coperve.ufsc.br. O candidato precisa preencher o Requerimento de Inscrição; imprimir o boleto bancário; e efetuar o pagamento da taxa, no valor de R$ 30,00.

     As provas do Prolibras serão realizadas em duas etapas. A primeira será composta por uma prova objetiva e a segunda por uma prova prática. A prova objetiva será realizada no dia 25 de outubro. As normas estão dispostas no site do Prolibras. Quem conseguir alcançar sessenta por cento de aproveitamento se classifica para a prova prática, que será aplicada a partir do dia 27, conforme cronograma divulgado juntamente com o resultado da prova objetiva.              

    A professora Tânia dos Santos Alvares da Silva, do Departamento de Teoria e Prática da Educação esteve na UEM-FM, acompanhando o professor Furtado. Ela é a coordenadora do Pró-libras em Maringá e faz parte do Programa Interdisciplinar de Apoio à Excepcionalidade (Propae), da UEM. Segundo a professora, “quinze pessoas da Universidade, entre professores e técnicos, devem apoiar a aplicação do Exame, em Maringá”.