Uenf volta a ganhar Prêmio do CNPq.

    Universidade é novamente apontada como a melhor do país na Iniciação Científica

    Pela segunda vez, em seis edições, a Uenf acaba de receber o Prêmio Destaque do Ano na Iniciação Científica, na categoria 'Mérito Institucional'. O Prêmio, conferido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), é atribuído à instituição que apresenta maior eficiência na inserção de universitários na carreira científica.  A entrega da premiação será feita no dia 19/10/09, às 11h, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF), durante as atividades da Semana Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação.

    A Uenf já tinha sido a primeira vencedora quando o Prêmio Destaque do Ano foi instituído pelo CNPq, em 2003. A Iniciação Científica é um dos pontos fortes da Uenf, e atualmente a Universidade mantém cerca de 380 alunos envolvidos em pesquisas e recebendo bolsas. São 158 bolsas concedidas pelo CNPq (incluindo 18 na modalidade 'ações afirmativas'), 140 pela Uenf (com recursos descentralizados da Faperj) e algo em torno de 80 bolsas obtidas diretamente pelos professores orientadores em diversas agências de fomento.  

    Em correspondência dirigida ao reitor da Uenf, Almy Junior, o CNPq parabeniza a instituição pela conquista e apresenta os critérios que nortearam a concessão do Prêmio. A Iniciação Científica é uma espécie de 'celeiro' de futuros cientistas, e a efetividade do programa é medida em termos do percentual de universitários que passaram pela experiência e se titularam mestres ou doutores em cursos reconhecidos pela Capes/MEC.

    - A ênfase na Iniciação Científica é uma das características de origem do modelo Uenf, que já realizou 14 Encontros anuais de I.C. em 16 anos de existência. E a reiteração do Prêmio pelo CNPq é mais uma confirmação objetiva do quanto estamos no caminho certo - avalia o reitor Almy Junior, lembrando que o modelo Uenf é a base do projeto de expansão da Universidade.

    Destaques em sequência

    Primeira vencedora do Prêmio Destaque do Ano na Iniciação Científica, em 2003, a Uenf é também a primeira instituição a conquistar o prêmio pela segunda vez. À exceção de 2004, quando não houve vencedor na categoria 'Mérito Institucional', as instituições contempladas nos anos posteriores foram a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ, 2005), a Universidade Federal de Viçosa (UFV, 2006), a Universidade Federal de Lavras (Ufla, 2007) e a Universidade Estadual de Maringá (UEM, 2008).

    A concessão do Prêmio pelo CNPq é o terceiro destaque nacional da Uenf neste segundo semestre de 2009. Em agosto, o Ministério da Educação (MEC) confirmou a instituição como uma das 15 melhores universidades do Brasil segundo os parâmetros do Índice Geral de Cursos da Instituição (IGC) - agregado de indicadores de qualidade dos cursos de graduação, mestrado e doutorado. E em setembro, o MEC atribuiu conceitos 4 ou 5 (os melhores) a dez cursos de graduação da Uenf, apontando o de Pedagogia como terceiro melhor do país.

    Para a coordenadora do Pibic (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica) na Uenf, professora Claudia Dolinski, o novo prêmio do CNPq consolida a Uenf como universidade amadurecida e faz jus à atuação dos professores e alunos do programa. A estudante Evelyn de Almeida Campos, bolsista de Iniciação Científica do curso de Ciências Sociais, diz que o programa lhe permitiu inserir-se num grupo qualificado de pesquisadores e conhecer novas realidades.