Curso de Artes/Música da Unimontes obtém nota máxima do Conselho Estadual de Educação.

     

    Confirmando uma vez mais a qualidade do ensino oferecido pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), o Conselho Estadual de Educação (CEE) divulgou, nesta semana, que o curso de Artes/Música obteve nota máxima - conceito “A” - após a avaliação oficial ‘in loco’.

     

    “O resultado da avaliação é conseqüência do empenho e da competência dos professores e da valorosa participação dos acadêmicos do curso de Artes/Música, daí ser indispensável cumprimentá-los de modo efusivo, pois todos estamos orgulhos”, afirma o reitor da Unimontes, professor Paulo César Gonçalves de Almeida.

     

    O curso de Artes/Música, vinculado ao Centro de Ciências Humanas (CCH) conta atualmente com 94 alunos matriculados. Desde 2003, atendendo recomendação do próprio Conselho Estadual de Educação, a Unimontes promoveu a transformação do curso de Artes em três cursos específicos: Artes/Música, Artes/Teatro e Artes Visuais. Já em 2006, na primeira avaliação do Conselho, todas as três áreas avaliadas obtiveram conceito máximo.

     

    Lembrando que a direção da Universidade tem procurado, apesar das restrições orçamentárias e financeiras, oferecer todo apoio necessário para o desenvolvimento satisfatório das atividades dos cursos de graduação, o reitor da Unimontes observa, ainda, que “felizmente, nos últimos anos, todos os cursos de graduação da Universidade têm obtido conceitos máximos nas avaliações oficiais, sejam aquelas realizadas pelo Conselho Estadual de Educação ou nas do Ministério da Educação.

     

    Para o coordenador do curso de Artes/Música, professor Waldir Pereira da Silva, “esta é mais uma conquista de expressão de nossa universidade, conseqüência do trabalho integrado desenvolvido por professores e acadêmicos”. A meta, agora, é dinamizar ainda mais a formação profissional na área da Música. Além das atividades práticas, que fazem parte da estrutura curricular, os professores e acadêmicos vão apresentar neste semestre, as primeiras produções científicas no âmbito do curso. Isso acontecerá em evento que está sendo organizado pelos acadêmicos do 8º período. A programação vai oferecer, também, diversas produções artísticas.

     

    Ainda de acordo com o professor Waldir Pereira, “o desafio, agora, torna-se maior: manter esse excelente conceito, razão pela qual vamos continuar trabalhando sérios e unidos”.