Diretrizes Nacionais do Ensino Superior em debate no fórum da ABRUEM.

     

     

    Buscando refletir sobre o grande desafio enfrentado pelas IES, premidas entre o alto padrão de exigência do Ministério da Educação Superior e a necessidade social de facilitar o acesso de estudantes de baixa renda à universidade, o 45º Fórum Nacional de Reitores da ABRUEM iniciou os debates desta sexta-feira (16) com o tema “Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica”. O conferencista foi o Diretor de Educação Básica Presencial da CAPES, João Carlos Teatini, que apresentou diversos projetos da Capes voltados à Educação Básica. Segundo João Carlos, atualmente, 40% do total de professores que atuam no Ensino Básico, no Brasil, não possuem formação adequada prevista em lei. “Investiremos, até 2014, mais de 2 milhões para alcançar a formação de qualidade dos professores”, disse.

     

      

    A segunda temática abordou “Financiamento do Ensino de Graduação no Estado do Amazonas” e teve como conferencistas o Secretário Interino de Ciência e Tecnologia do Amazonas, Marcílio de Freitas e, o Presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas, Odenildo Sena. De acordo com os conferencistas, o Estado do Amazonas apresenta um quadro de financiamento de ensino e pesquisa insuficiente diante  das demandas populacionais, apesar da qualidade do ensino que apresenta. A coordenadora da mesa, a professora Marilene Corrêa da Siva Freitas, é a reitora da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), anfitriã do encontro. De acordo com a reitora, trazer a discussão nacional para região, é tratar temas nacionais e regionais com a mesma intensidade, com o mesmo grau de importância. “E também ampliar as possibilidades de discutir a política nacional brasileira para a Amazônia, especialmente a de acesso à educação ao Ensino Superior”, destacou.

     

      

    A “Comunicação Institucional: uma ferramenta estratégica para a qualificação dos cursos de Graduação” foi a temática que iniciou os trabalhos da tarde, com os expositores Márcio Fernandes, da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO) e Maurício Tuffani, da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP). O mediador foi o vice-presidente da ABRUEM, reitor Antonio Joaquim Bastos da Silva, da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

     

      

    Na seqüência, o Secretário de Cooperação Institucional e Internacional da UDESC, professor Amauri Bogo  fez a conferência sobre “Mobilidade Acadêmica”. O coordenador de mesa foi o reitor Paulo César Gonçalves de Almeida, da Universidade Estadual de Montes Claros.

     

      

    A programação do Fórum vai até sábado, com visita à Escola Superior da Saúde da UEA e ao encontro das águas do Rio Negro e Solimões.