Professoras e egressos são finalistas em prêmio nacional de Farmácia.

    Dos dez trabalhos que foram selecionados para a final, apenas quatro serão premiados

     Dois egressos do curso de Farmácia da Unisul de Tubarão, sob orientação das professoras Irene Kulkamp e Alessandra Soares, foram selecionados como finalistas no I Prêmio de Incentivo à Promoção do Uso Racional de Medicamentos. Com o trabalho “Avaliação dos serviços de farmacovigilância e farmácia clínica dos hospitais sentinela do sul do Brasil”, Mateus Isoppo e Roberta Herbele concorrem com outros nove trabalhos para ficar entre os quatro primeiros que serão premiados.

     Segundo a professora Irene, o prêmio visa incentivar a produção técnico-científica voltada à promoção do uso racional de medicamentos com aplicação no Sistema Único de Saúde (SUS) e serviços de saúde. Tem também a finalidade de premiar e reconhecer o mérito do trabalho de profissionais nos serviços de saúde e entidades/instituições com impacto na promoção do uso racional de medicamentos no SUS; premiar e reconhecer o mérito científico de pesquisadores e profissionais com trabalhos voltados à promoção do uso racional de medicamentos com aplicabilidade no SUS e serviços de saúde; e divulgar os trabalhos premiados e com menções honrosas no intuito de incentivar sua incorporação pelo SUS e serviços de saúde.

     Os premiados serão divulgados até o dia 6 de novembro. Na categoria graduação, na qual Mateus e Roberta estão concorrendo, o primeiro colocado leva para casa um prêmio de 5 mil reais. A cerimônia de premiação será realizada no dia 15 de dezembro, em Brasília – DF.