Outubro UVA 2009: Comemorações dos 41 anos de fundação da Universidade iniciam hoje.

     

    A alegria e a descontração do circo marcaram a semana de comemoração dos 41 anos da Universidade Estadual Vale do Acaraú. Artistas circenses recepcionaram a comunidade acadêmica, no campus da Betânia, convidando para o início das atividades do “Outubro UVA 2009”. Na programação de aniversário, a Universidade apresenta sua produção acadêmica, de 19 a 23 de outubro, com atividades de diversas naturezas, nos campi da Betânia, Derby, CIDAO e Junco. “Nós estamos instituindo, este ano, o `Outubro UVA`. A ideia é que, a cada Semana de Aniversário da Universidade, possamos concentrar atividades de ensino, pesquisa e extensão. Esta será uma Semana em que comemoraremos o aniversário da Universidade com trabalho, com apresentação dos resultados de nossas pesquisas, mostrando para a comunidade o valor e o trabalho que a UVA vem desenvolvendo nesses 41 anos”, disse a Vice-Reitora, professora Palmira Soares, lembrando eventos importantes que serão realizados durante a Semana. “Nós concentraremos as principais atividades na realização do XI Encontro de Iniciação Científica, no qual foram inscritos 375 trabalhos e 289 aprovados; será realizado, também, o VI Encontro de Iniciação à Docência, que é um encontro onde nossos alunos monitores apresentam suas experiências; e teremos, ainda, uma atividade de extensão, que é o Fórum do Semiárido”, finaliza.

     

    Para o Reitor, professor Antonio Colaço Martins, a UVA comemora, em seus 41 anos, as suas conquistas e o seu desenvolvimento nas mais diferentes áreas em que atua. “A Universidade é ainda muito jovem, é recém-nascida, praticamente, mas a UVA já tem muito a comemorar, pela qualidade do ensino, da iniciação à pesquisa, da iniciação à docência, pela capacitação laboratorial, pela melhoria da infraestrutura. Esta Semana é para repensarmos o que nós fizemos e, sobretudo, não esquecermos o que falta ser feito. É uma semana bonita, porque já podemos comemorar algumas vitórias, algumas metas alcançadas; mas, ao mesmo tempo, ela é de reflexão sobre o futuro, para que possamos nos engajar mais, nos comprometermos mais com os destinos dessa grande Universidade, dessa casa de educação da juventude da região Norte do nosso Estado”, disse o professor Antonio Colaço.