Funcionários recebem certificado do Programa de Qualificação Educacional.

     

    Mais de 80 funcionários da Unicamp receberam nesta quinta-feira (17), pela manhã, no auditório da Diretoria Geral da Administração, o certificado de conclusão do ensino médio do Programa de Qualificação Educacional. A cerimônia foi organizada pela Agência para a Formação Profissional da Unicamp (AFPU). “Agora a marcha começou”, disse aos formandos o professor Mohamed Habib, pró-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários, que compôs a mesa de abertura do evento.

     

     

    Segundo Habib, o diploma é um instrumento e não uma finalidade. “Ele deve servir para entendermos melhor a vida e contribuir com a sociedade porque alimenta a esperança e o espírito para encarar desafios”, explicou o pró-reitor, informando que, em 2010, o programa terá continuidade nas instalações do Centro Cultural de Inclusão e Integração Social (Cis-Guanabara). A idéia, acrescentou, é estender o projeto à sociedade.

     

     

    Para o professor Edgard Salvadori de Decca, coordenador geral da Unicamp, que representou o reitor Fernando Costa, o momento representa um marco de superação. “Homens e mulheres são capazes de se superar e procurar metas cada vez mais ambiciosas e arrojadas. Todoser humano tem que estar movido por uma vocação e por um objetivo”.

     

     

    De Decca estendeu os parabéns à Unicamp. “Eu vejo a Universidade como uma segunda protagonista da história. Ela pode ser um exemplo de instituição que oferece condições para a promoção e superação de obstáculos. Eu me orgulho de pertencer a uma instituição que oferece oportunidades para todos. A conquista de vocês é também a nossa”.

     

    Gláucia Beatriz de Freitas Lorenzetti, diretora da AFPU, disse que os objetivos foram plenamente atingidos. “Todos os alunos que quiseram participar tiveram a oportunidade e conseguiram concluir o ensino médio. O projeto representa a concretização de um sonho”. Ela não economizou elogios quando se referiu à equipe que, desde o início, esteve envolvida com o projeto.

    Um dos formandos, Jorge Luiz Camargo de Oliveira, é funcionário da Rádio e Televisão Unicamp (RTV).“Para mim, isso tem um significado muito grande. O aprendizado ninguém tira da gente”, contou, sorrindo, ao receber o certificado.

     

    O Programa – O Programa de Qualificação Educacional surgiu após pesquisa realizada pelo Conselho de Desenvolvimento do Hospital das Clínicas da Unicamp  (CONDEHC) em  novembro de 1998. Em 2000 foi constatada a necessidade de alguns servidores darem continuidade aos seus estudos. Por ser missão institucional da Unicamp produzir conhecimento, formar e qualificar seus recursos humanos e considerando ainda que o seu produto básico é a educação, o CONDEHC criou o Programa Alfabetização 100%, hoje ampliado para toda a Universidade por meio da Agência para a Formação Profissional (AFPU) com o Programa de Qualificação Educacional.