Através do "Pregão", Unimontes economizou mais de R$ 2,9 milhões em 2009.


    Foi superior a 2,9 milhões a economia obtida pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) durante o ano de 2009 na aquisição de bens e na contratação de serviços através do sistema de “Pregão” (modalidades presencial e eletrônica). Esse valor equivale a 13,02% do total estimado nos processos licitatórios realizados no período (R$ 22.300.657,19). A Unimontes conseguiu até agora acumular economia da ordem de 11,7 milhões, desde a implantação do sistema em novembro de 2002.

     

    “Os números demonstram, inquestionavelmente, a eficiência e a racionalização dos recursos na universidade. A economia obtida permitiu atender outras demandas dos professores, servidores técnico-administrativos e acadêmicos”, salientou o reitor da Unimontes, professor Paulo César de Almeida.

     

    O reitor observou que “a economia proporcionou também novos investimentos em áreas do ensino, pesquisa e extensão e ações de apoio aos programas próprios de pós-graduação Stricto sensu, como também em estrutura física, além da ampliação dos serviços prestados à comunidade”.

     

    Utilizado em 71% das licitações realizadas pela Unimontes na aquisição de bens e contratação de serviços (quase 100% na modalidade eletrônica), ao longo do ano passado, o sistema de pregão proporcionou economia de R$ 2 milhões 905 mil.  Grande parte (41,5%) dos processos licitatórios atendeu às necessidades do Hospital Universitário Clemente de Faria, principalmente na aquisição de medicamentos, gêneros alimentícios, produtos de limpeza e laboratoriais.

     

    MAIS DE R$ 11 MILHÕES – Desde a implantação do sistema, a partir de novembro de 2002 (sendo a Unimontes uma das primeiras instituições do Estado a adotá-lo), o “pregão” propiciou à universidade economia de R$ 11.760.649,56, representando 15,5% do total estimado dos processos licitatórios (R$ 53.768.751,08).

     

    A economia obtida por conta do pregão nos últimos anos foi a seguinte: 2002 (meses de novembro e dezembro): R$ 5.859,00; 2003: R$ 871.640,77; 2004: R$ 352.653,24; 2005: R$ 1.172.768,14; 2006: R$ 1.261.050,11; 2007: R$ 2.173.905,67; 2008: R$ 3.017.701,94; e em 2009: R$ 2.905.071,01.