Rondonistas da Unicentro criam espaços culturais em Barrocas.

    Rondonistas da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), Paraná, lideraram mutirões nos últimos dias em Barrocas que resultaram na criação de dois espaços culturais na cidade – o Museu Histórico de Barrocas e o Espaço Cultural Antigo Matadouro Municipal. “A cidade é bastante carente de locais assim e, portanto, é uma ação apropriada”, definiu a estudante de Jornalismo Camila Tsubauchi, que também está ministrando oficinas de Fotografia Digital, com temáticas sociais.

     

    Nos dois casos, os mutirões serviram para recuperar fisicamente o prédio abandonado que outrora abrigou a primeira capela do município, além de ter servido como cadeia pública. Depois de finalizados os serviços de construção civil, possivelmente em março, o local acolherá o acervo do Museu Histórico, que está sendo organizado pelo produtor cultural Leonys Pereira Cosme, morador de Barrocas.

     

    No Matadouro, igualmente abandonado, a primeira exposição fotográfica já está acontecendo. Desde sábado (23), dezenas de fotos decoram as pareces internas do Matadouro, mostrando a ação em Barrocas dos rondonistas da Unicentro e da FTC, instituição de ensino da Bahia que colaborou no mutirão do Matadouro. No sábado, durante a cerimônia de descerramento de uma placa alusiva à ação rondonista, o prefeito de Barrocas, Almir Maciel, comprometeu-se publicamente a executar a totalidade dos serviços de recuperação dos novos espaços culturais. O gerente de Planejamento do Projeto Rondon, coronel José Victório da Cunha, esteve presente no evento.

     

    Até esta sexta (29), contabiliza o acadêmico de Engenharia Ambiental da Unicentro Charles Moretto, cerca de 50 atividades serão realizadas pelo grupo da Universidade, composto de dois professores e seis alunos. “Quando partirmos, no sábado, teremos plantado inúmeras sementes aqui, como as cooperativas de beneficiamento do sisal e da mandioca, além de uma associação de coleta e separação de materiais reciclados”, completa Charles, lembrando que a última ação rondonista no município será uma festa de encerramento na sexta à noite, na praça São João, quando a comunidade terá acesso à uma prestação de contas dos trabalhos da Unicentro em Barrocas.