USP homologa seus quatro novos pró-reitores.

     

     

     

    Foram homologados nessa terça-feira (23), em sessão do Conselho Universitário, os nomes dos novos pró-reitores da USP. São eles: Marco Antonio Zago, pró-reitor de Pesquisa; Maria Arminda do Nascimento Arruda, pró-reitora de Cultura e Extensão Universitária; Telma Maria Tenório Zorn, pró-reitora de Graduação, e Vahan Agopyan, pró-reitor de Pós-Graduação. Os novos dirigentes assumem os cargos a partir desta terça-feira.

     

    Marco Antonio Zago possui graduação em medicina pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, mestrado em clínica médica e doutorado em clinica médica pela mesma faculdade. É professor titular de clínica médica da FMRP desde 1990 e membro titular da Academia Brasileira de Ciências. No período de 2007 a janeiro de 2010, foi presidente do Conselho Nacional do Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Tem experiência na área de medicina, com ênfase em hematologia. Desenvolve pesquisas focalizadas em bases moleculares das neoplasias e células-tronco adultas, em especial células-tronco hematopoéticas e células-tronco mesenquimais. É o coordenador do Centro de Terapia Celular de Ribeirão Preto, foi presidente e diretor científico da Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto e diretor clínico do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP).

     

    Maria Arminda do Nascimento Arruda possui graduação em ciências sociais pela USP, mestrado e doutorado em sociologia. Obteve o título de livre-docente em 2000. Desde 2005, é professora titular do Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Na unidade, foi representante da Congregação junto ao Conselho Universitário, chefe do Departamento de Sociologia e coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Sociologia, além de membro do Conselho Técnico Científico junto à Capes como representante da área de Ciências Humanas. Na Capes, coordena, desde 1997, a área de Sociologia e Ciências Sociais. Tem experiência na área de sociologia, com ênfase em sociologia da cultura — literatura, artes, pensamento social, história intelectual e meios de comunicação de massa — e em teoria sociológica.

     

    Telma Maria Tenório Zorn é graduada em medicina pela Universidade Federal de Alagoas. Obteve os títulos de doutora em ciências (histologia) em 1977 e de livre-docente em 1990. Desde 1994, é professora titular do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP, onde atua junto ao Departamento de Biologia Celular e do Desenvolvimento. No ICB, exerceu as funções de vice-chefe e chefe do Departamento, vice-presidente e presidente da Comissão de Pós-Graduação e presidente da Comissão de Pesquisa, além de vice-diretora do Instituto no período de 1997 a 2001. Atua na área de morfologia com ênfase em biologia celular e tecidual. Desenvolve pesquisas na área da biologia da reprodução e matriz extracelular. Atua ainda na formação de estudantes de graduação, particularmente no curso de medicina e de ciências moleculares. Desenvolve colaboração científica com diversos grupos no Brasil e no exterior.

     

    Vahan Agopyan é graduado em engenharia civil pela Escola Politécnica (Poli) da USP, mestre em engenharia urbana e de construções civis e doutor em engenharia civil pela University of London King´s College. Desde 1994, é professor titular de Materiais e Componentes de Construção Civil da Poli. É vice-presidente do International Council for Research and Innovation in Building and Construction, membro do Conselho Superior da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), presidente do Conselho de Superior do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN) e conselheiro de instituições como o Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT). Foi diretor da Poli (2002 a 2006), diretor-presidente do IPT (2006 a 2008) e coordenador de Ciência e Tecnologia da Secretaria do Desenvolvimento do Estado de São Paulo (2008-2009). Tem experiência na área de construção civil, com ênfase em materiais e componentes, atuando principalmente com materiais ref orçados com fibras. Dedica-se aos estudos da qualidade e sustentabilidade da construção civil.