UNITAU: Laboratório de Solos e de Plantas está entre os melhores da América Latina.

    Com nota “A” e classificado como excelente, laboratório realiza cerca de 1800 análises e atende mais de 800 produtores por ano


                 O Laboratório de Análise de Solos e Plantas da Universidade de Taubaté (UNITAU) recebeu o conceito “A” e está entre os seis melhores laboratórios do Brasil e da America Latina. Único na região a oferecer este tipo de serviço, o laboratório foi reconhecido, em duas avaliações, pela qualidade de suas análises de solo e de plantas para fins agrícolas.

    O conceito “A” foi conferido pelo Programa de Ensaio de Proficiência de Análises de Solo do Instituto Agronômico de Campinas (IAC) – que avaliou o serviço de análise de solos – e pelo Programa de Proficiência de Tecido Vegetal, realizado em parceria pela Escola Superior de Agricultura “Luiz Queiroz” (Esalq/USP) e pela Sociedade Brasileira de Ciências do Solo (SBCS), que classificou o serviço de análise de plantas da UNITAU como excelente. “Este reconhecimento é muito importante para toda a equipe do laboratório e reflete a seriedade com que realizamos o nosso trabalho. Ser classificado entre os melhores da América Latina atesta a qualidade de nossos serviços e é uma garantia a mais para os agricultores que confiam em nossas análises e as utilizam para melhorar suas produções”, afirma o coordenador do Laboratório de Análise de Solos e Plantas da UNITAU, Prof. Ms. Julio César Raposo de Almeida.


                  Sediado no Departamento de Ciências Agrárias, o laboratório atende, anualmente, cerca de 800 produtores rurais e empresas de agronegócios, realizando mais de 1200 análises de solos e 600 análises de plantas. As análises são oferecidas tanto aos alunos da UNITAU, quanto à comunidade de produtores rurais de todo o País – principalmente agricultores do Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira, Litoral Norte, Sul Fluminense, Sul de Minas Gerais e região de Mogi das Cruzes.

    SERVIÇO DE ANÁLISE – A análise de solo realizada pelo laboratório compreende os processos de análise básica, de micronutriente e física – que avaliam a fertilidade e a textura do solo, respectivamente. Já a análise de plantas, avalia os nutrientes em tecidos vegetais. “A partir do envio de amostra pelos agricultores, o material recebido no laboratório passa por diversos testes e os resultados são fundamentais para que os produtores saibam como aproveitar todos os recursos disponíveis em suas propriedades”, explica o coordenador.

    Produtor rural em Pindamonhangaba, o engenheiro agrônomo Carlos Necésio Souza Santos utiliza os serviço de análise de solos da UNITAU há cerca de 5 anos para realizar o monitoramento de áreas de cultivo de milho, de cana-de-açúcar e de pastagem. “A análise é importante porque, a partir dela, podemos estipular a quantidade adequada de nutrientes para se atingir a produção esperada. Tanto a falta quanto o excesso de nutrientes podem comprometer o rendimento agrícola, prejudicando a safra e a própria qualidade do solo”, afirma Souza.
     
                 SERVIÇO – O custo das análises de solo varia de R$ 20 (análise básica) a R$ 30 (análise completa) e o custo da análise de plantas é de R$ 30. Para solicitar a avaliação e para mais informações, o telefone de contato é o (12) 3625-4116.