Representantes da ABRUEM viajam para a Espanha.


     

    Durante os dias 5 e 17 de julho, a Missão Internacional da ABRUEM realiza viagem à Espanha, com objetivo de conhecer as instalações, trocar informações e compartilhar conhecimentos com algumas instituições de ensino superior (IES) espanholas.

    Para o presidente da ABRUEM, João Carlos Gomes viagens que favorecem a integração e troca de conhecimentos entre universidades brasileiras e estrangeiras são importantes, pois possibilitam acordos que podem contribuir para o fortalecimento do ensino e a promoção da internacionalização das instituições.

    Antonio Joaquim Bastos da Silva, vice-presidente da ABRUEM, chefe da delegação e reitor da UESC, ressalta que viagens internacionais trazem grandes beneficios para as universidades brasileiras. Segundo o vice-presidente “assim como ocorreu em missões anteriores, a ida da ABRUEM à Espanha terá um saldo positivo e convênios que visem o intercâmbio entre as IES serão fechados“.

    A comitiva conta com a presença de representantes das universidades filiadas a ABRUEM e da Associação Paranaense das Instituições de Ensino Superior Público (APIESP). No roteiro estão marcadas visitas às universidades de Madri, Salamanca, Barcelona e Valência.

     

    Roteiro da Comitiva

    A viagem começa em Madri, capital e maior cidade da Espanha que foi construída às margens do rio Manzanares. Juntamente com Lisboa, Madri é considerada o centro econômico e político da Península Ibérica, devido a sua posição geográfica e histórica.

    No primeiro dia de visita (5), a Missão Internacional da ABRUEM tem compromissos com o Ministério de Educação e com a Secretaria Geral de Universidades. Na pauta de discussões estão as políticas de internacionalização da educação superior.

    A comitiva tem no dia 6 uma reunião com a Conferência de Reitores das Universidades Espanholas (CRUE) e visitas programadas à Universidade Politécnica de Madri, onde serão recebidos pelo vice-reitor de pesquisa Gonzalo León e à Universidade Complutense de Madri, na qual serão recepcionados por Carlos Andradas, vice-reitor de Politica Acadêmica e Professorado e Lucila Gonzáles, vice-reitor de Relações Internacionais.

    A visita à Universidade Autônoma de Madri está marcada para o dia 7. Neste mesmo dia, os reitores serão recebidos na Embaixada do Brasil na Espanha pelo embaixador Paulo Campos.

    A Missão segue para Salamanca no dia 8. Uma das cidades espanholas mais ricas em monumentos históricos que remetem à Idade Média, ao Renascimento, à arte Clássica e Barroca.

    Para o dia 9, a comitiva tem compromissos com a Universidade de Salamanca, na qual será recepcionada pelo reitor Daniel Hernández Ruipérez e pela vice-reitor de Relações Interanacionais, Noemí Domínguez García. Lá, a comitiva realiza uma visita à Biblioteca Histórica da Instituição, ao Instituto de Neurociências e á Faculdade de Direito. Mais tarde a missão segue para o Centro de Estudos Brasileiros.

    No dia 10, a viagem segue para Barcelona, cidade que une traços da antiguidade romana e do modernismo. Em Barcelona as ruínas romanas e a cidade medieval dividem espaço com os bairros que demonstram a modernidade catalã.

    O vice-reitor Carles Carreras recebe os integrantes da comitiva no dia 12 na Universidade de Barcelona. No dia seguinte (13) os professores farão uma visita à Agência de Qualidade do Sistema Universitário (AQU) da Cataluña, onde serão recepcionados pelo presidente da (AQU) Joaquim Pratz Cuevas e pelo diretor Anton Ferré. Dia 14, o vice-reitor de política internacional, Pedro Díez, recebe a comitiva na Universidade Politécnica da Cataluña.

    No dia 15, a Missão tem como destino a cidade de Valência, também chamada de cidade das flores, pois, conta com muitos parques e zonas ajardinadas, como o Jardim Botânico, o Parque do Oeste, os Jardins do Real e o Jardim de Turia .

    A Universidade Politécnica de Valência será visitada no dia 16. Nesta instituição a comitiva conhecerá o Campus de Vera e a Cidade Politécnica de Investigação. Também será realizada uma reunião com o departamento universitário e institutos de investigação relacionados à instituição.

     

    Representantes da ABRUEM na Comitiva

    Os integrantes da Missão Internacional que representam a ABRUEM são: João Carlos Gomes, presidente da ABRUEM e reitor da UEPG; Antônio Joaquim Bastos da Silva, vice-presidente da ABRUEM, chefe da delegação e reitor da UESC; Alcibíades Luiz Orlando, reitor da UNIOESTE; Vitor Hugo Zanete, reitor da UNICENTRO; Nádina Aparecida Moreno, reitor da UEL; Décio Sperandio, reitor da UEM; Júlio Cezar Durigan, vice-reitor da UNESP; Amélia Tereza Santa Rosa Naraux, vice-reitor da UNEB; Benjamim de Melo Carvalho, pró-reitor de pesquisa e pós-graduação da UEPG, Rosângela Montemor Carnevalli Durigan; e Carlos Roberto Ferreira, secretário executivo da ABRUEM.