UESC promove exposições no centenário de Itabuna

     

     

    Em comemoração ao centenário do município de Itabuna, a Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC lança, no próximo dia 23 de julho, as exposições fotográficas do Projeto “A Praça na Praça”, mostrando ao público imagens históricas das praças Olinto Leone, José Bastos, Otavio Mangabeira e Complexo Adami (praças Otaciana Pinto, Getúlio Vargas e Siqueira Campos). As exposições serão montadas nos respectivos logradouros públicos. No caso da Praça Otávio Mangabeira, a exposição será aberta no dia 24 de julho. O horário de visitação, em todas as praças, será das 9 às 19 horas.

     

    O projeto foi realizado pela Comissão Especial constituída pela Reitoria da UESC, através da Portaria nº370 de 24/03/2009, que elaborou um programa de atividades didático-cientificas que estão sendo implementadas ao longo deste ano comemorativo. Todas as ações têm como alvo a criação de espaços de memória, onde a população, independente de faixa etária, possa reconhecer sua história e exercitar os processos de memória.

     

    O programa está constituído por 17 ações agrupadas em quatro linhas de atuação: preservar, disponibilizar, devolver, fazer e articular. Dessa forma apresenta-se o Projeto “A Praça na Praça”, que disponibilizará à comunidade itabunense fragmentos de sua trajetória histórica através da imagem fotográfica e de fontes hemerográficas recortadas de forma temática.

     

    Objetivos - Dentre os objetivos desse projeto estão o de contribuir para que a comunidade itabunense, principalmente a estudantil, seja capaz de reconhecer-se dentro desses espaços de memória; demonstrar a relevância das fontes documentais para construção do relato histórico local; e despertar a comunidade para a necessidade de ações de caráter preservacionista do seu acervo patrimonial.

     

    As quatro exposições foram elaboradas a partir do acervo do CEDOC – Centro de Documentação Regional, da UESC, e cada uma delas será constituída por 30 banners confeccionados em material durável e de fácil manipulação, visando posterior utilização em exposições itinerantes a realizar-se em escolas públicas e privadas.

     

    Equipe - A execução do Projeto envolveu duas etapas. Na primeira, tivemos a participação de alunos bolsistas voluntários que atuaram na pesquisa, coordenados pela professora Janete Ruiz de Macedo, curadora das exposições. Na segunda, etapa extensionista, está envolvida uma equipe de 30 alunos e professores, que trabalharão como guias didático-científicos durante todos os dias do evento. Cada praça terá um coordenador: Stela Dalva Teixeira, João Cordeiro de Andrade, Álvaro Araújo de Sousa Neto e Clemilda Gonzaga Santos, com o apoio do professor Jonas Boamorte.

     

    Informações (www.centenarioitabuna.com.br) (centenarioitabuna@yahoo.com.br)