Pesquisa sobre ancoragem de plataformas flutuantes desenvolvida na UENF fica entre as seis melhores do país.


     

    A primeira dissertação de mestrado desenvolvida com a centrífuga geotécnica da UENF, instalada em 2007, foi considerada uma das seis melhores do país na área. Trata-se de uma pesquisa sobre ancoragem de plataformas flutuantes, de autoria do engenheiro Sergio Antonio Brum Junior, hoje doutorando da UENF. O trabalho foi um dos finalistas do Prêmio Icarahy da Silveira, conferido pela ABMS (Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica).

     

    Adquirida na década de 1990, por cerca de US$ 400 mil, a centrífuga ficou anos encaixotada devido à necessidade de construção de um prédio próprio para abrigá-la. Depois foram necessários mais alguns anos para que pudesse ser adequadamente instalada. Em 2007, graças à aplicação de recursos repassados pela Petrobras e ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), a centrífuga entrou em plena operação. Imediatamente, o equipamento atraiu a atenção da comunidade científica, com várias propostas de cooperação na área de energia e petróleo.

     

    “Mesmo não ganhando o prêmio máximo, é uma grande honra ocupar esse lugar de destaque para a primeira dissertação utilizando a centrífuga na UENF. Até porque os outros finalistas são oriundos de programas classificados pela Capes como de nível internacional”, comenta o professor Saboya, lembrando que a primeira turma de doutorado em Engenharia Civil na UENF foi admitida neste ano.

     

    A cada biênio, a ABMS seleciona as seis melhores dissertações de mestrado para concorrer ao Prêmio Icarahy da Silveira, entregue durante o Congresso Brasileiro de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica, que este ano acontece em Gramado (RS). Concluída em 01/12/09, a dissertação da UENF foi selecionada pelo biênio 2008/2009. O título do trabalho é 'Ensaios de Centrifugação para avaliação do desempenho de penetrômetros dinâmicos para ancoragens de estruturas offshore'.