UEPB promove segundo show de solidariedade às vítimas de Palmares.

     

    Promover cultura com espírito solidário: este é o propósito. Após efetuar a Semana de Solidariedade UEPB/ Palmares, com atividades em todos os Centros do Campus I, a Instituição, através do seu Comitê de Ajuda Humanitária, promoverá o segundo show musical em prol das vítimas. O evento acontecerá nesta quinta-feira (26), às 20h, na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), localizada no Centro de Campina Grande.

     

    Renomados artistas da Rainha da Borborema confirmaram apresentação no evento, sendo que todos aceitaram participar sem cobrar cachê. Nesse sentido, subirão ao palco da AABB, Capilé e Banda, Toninho Borbo, Banda Casa Verde, Paulo Medeiros e Banda, Vanderlan e Sandro Mangueira. A entrada do espetáculo será um quilo de alimento não perecível, mas aqueles que assim desejarem poderão exceder o estipulado ou doar kits de material de limpeza - artigos de primeira necessidade para os atingidos, neste momento.

     

    Durante a Semana de Solidariedade, que terminou na quarta-feira (25), com atividades nos Centros de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), e de Ciências e Tecnologia (CCT), coordenadas pelo Comitê de Ajuda Humanitária, objetivou-se congregar e sensibilizar a comunidade acadêmica para a adversa realidade das regiões de Pernambuco e Alagoas, que longe de haverem se recuperado, tentam se soerguer.

     

    Segundo o coordenador do Comitê, o professor e ouvidor da UEPB, Jomar Ricardo, as atividades da Semana, bem como o show, pretendem funcionar como um momento educativo para todos os envolvidos e imbuí-los de espírito humanitário.

     

    Este é o segundo espetáculo musical promovido pela Instituição, contando com a sensibilidade dos artistas paraibanos, em favor das vítimas das enchentes. No mês de julho, um grande show sediado no Garden Hotel, reuniu Jorge Ribbas, Cabruêra, Tina Dias, Vanderlan, Rangel Junior, Fidélia Cassandra, Banda Intra Mentis, Banda Andaluz e Moisés Freire, visando à arrecadação de alimentos a serem destinados aos atingidos.

     

     

     

    Mais sobre os artistas

     

    Capilé é um dos mais respeitados cantores paraibanos.  Em seu repertório, costuma atender as solicitações da plateia, tocando tudo o que desejam ouvir. Em 1982, começou a se apresentar nos bares executando canções famosas da MPB. Participou de vários festivais universitários na Paraíba e no Brasil e em shows solo no Teatro Municipal de Campina Grande. Este ano, gravou a música “Xote do Novo Amor”, de autoria do pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento da UEPB, Rangel Junior, que também é cantor e compositor.

     

    Sobre o cantor Toninho Borbo, não faltam palavras elogiosas. Atuante na arte da música desde 2003, ele vem se destacando com seu groove instigante, repleto de letras reflexivas, que se movem entre personagens, lugares e condições sociais. Carismático e com grande presença de palco, Borbo já integrou importantes festivais em todo o Brasil, associando o nome da Paraíba a qualidade e originalidade musical.

     

    O cantor Sandro Mangueira se autodefine como um fisioterapeuta por profissão, músico por vocação e motociclista por paixão. Começou sua carreira tocando Rock e , atualmente, divide seu talento entre o Xote e o Forró, tendo participado de inúmeros eventos regionais.

     

    Vanderlan também é músico por paixão. Trabalha em uma companhia estadual, mas faz da música seu ofício à parte há mais de dez anos. Em suas apresentações, seu estilo musical varia entre a MPB, interpretando canções de Zé Ramalho e Djavan, por exemplo, e ritmos mais dançantes como o Pop Rock.

     

    Paulo Medeiros se apresentará com mais dois músicos ao violão, executando, especialmente, a Música Popular Brasileira. O artista percorre a trajetória musical há 12 anos e pretende lançar um CD solo em novembro deste ano.

     

    A Banda Casa Verde possui cinco músicos em sua formação e suas apresentações navegam nos estilos Funk, Mangue Beat e Reggae. Os músicos tocam juntos desde janeiro de 2009 e em sua apresentação no show da UEPB, segundo o baterista Toni Alves, deverá exibir releituras de músicas já conhecidas do grande público, inseridas nos referidos estilos.