Unimontes recebe prêmio do Instituto Euvaldo Lodi.

     

    A Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) está entre as instituições mineiras de ensino superior distinguida com o título de “Menção Honrosa” do Prêmio Instituto Euvaldo Lodi (IEL/Minas) na categoria “Melhor Prática de Estágio”. A honraria foi conferida na noite de terça-feira (31), pela Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), em solenidade realizada no auditório de sua sede, no bairro Funcionários, em Belo Horizonte.

     

    O concurso é promovido pelo IEL, que integra o Sistema Fiemg, e acontece anualmente em reconhecimento às empresas parceiras, que oferecem bons programas de estágio. São três categorias de premiação: grande médio e pequeno porte. Por sua vez, as instituições de ensino que tiverem estagiários atuando nas empresas premiadas, como é o caso da Unimontes, são homenageadas com a menção honrosa, como reconhecimento pela contribuição das parcerias firmadas pela universidade com a formação melhor profissional dos seus acadêmicos.

     

    Foram dez instituições de ensino homenageadas. No caso da Unimontes, ela foi indicada ao Prêmio IEL/Minas por 26 empresas do Estado com quais foram desenvolvidos os estágios curriculares para os seus diversos cursos de graduação.

     

    No evento dessa terça-feira, o prêmio foi entregue ao professor Gilson José Fróes, da Coordenadoria de Apoio ao Estudante (CAE), vinculada à Pró-Reitoria de Extensão da Unimontes, que no ato esteve representando o reitor, professor Paulo César Gonçalves de Almeida, e a pró-reitora de extensão, Marina Queiroz.

     

    Balcão de estágios

    A comenda entregue pela Fiemg, em Belo Horizonte, reforça a projeção alcançada pelo projeto “Balcão de Estágios”, desenvolvido pela CAE/Unimontes na Pró-Reitoria de Extensão. A iniciativa foi criada em 2004, na primeira gestão do reitor Paulo César de Almeida, com o objetivo de encaminhar os estagiários dos cursos regulares da Unimontes às empresas e institutos especializados de áreas afins.

     

    “O estágio tornou-se imprescindível para a melhor formação profissional e receber o reconhecimento pela qualidade deste trabalho é motivo de orgulho para a Unimontes”, avalia o reitor Paulo César. A média anual de colocação no mercado de trabalho pelo Banco de Estágios da Universidade é de cerca de mil estagiários.

     

    “Esse prêmio demonstra que o programa de estágios oferecido pela Unimontes, através da CAE, está cumprindo seus objetivos de formar bons profissionais e vem atendendo aos anseios das empresas e institutos especializados”, salientou o professor Gilson José Fróes. A partir de seu ingresso na instituição, o acadêmico é estimulado a promover o seu cadastramento, sendo posteriormente encaminhado como estagiário aos institutos especializados e empresas parceiras da universidade.