UEPB tem 11 projetos contemplados no Edital do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico.


    O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) anunciou na última sexta-feira (29), em Brasília, o resultado do Edital lançado em 21 de maio e que obteve uma demanda bruta de 13.536 propostas. Desse montante, foram aprovados 3.557 projetos, nos quais estão incluídos 11 projetos de professores da Universidade Estadual da Paraíba, em diversas áreas do conhecimento. Tal resultado vem reafirmar o crescente avanço da Instituição no que se refere à pesquisa e ao nível dos docentes da UEPB.

     

    O CNPq divide o Edital em 49 áreas distintas, que abrangem vários campos do conhecimento. As áreas em que a UEPB obteve projetos aprovados foram: Antropologia, Arqueologia, Ciência Política, Direito, Relações Internacionais e Sociologia (professores contemplados: Elias David Morales Martinez e Juvandi de Souza Santos); Artes, Ciência da Informação e Comunicação (docente: Carlos Alberto Farias de Azevêdo Filho); Ecologia e Limnologia (Elvio Sérgio Figueredo Medeiros); Educação (docentes: Rômulo Marinho do Rego e Silvana Cristina dos Santos); Geociências (professor: Lourivaldo Mota Lima); Odontologia (docentes contemplados: Alessandro Leite Cavalcanti, Ana Claudia Dantas de Medeiros e Sérgio d'Avila Lins Bezerra Cavalcanti); Zoologia (professora: Thelma Lúcia Pereira Dias).

     

    Os recursos, no total de R$ 120 milhões, originam-se do CNPq e dos Fundos Setoriais, sendo distribuídos em três faixas de financiamento: na Faixa A, projetos de até R$ 20 mil; Faixa B, para propostas acima de R$ 20 mil e abaixo de R$ 50 mil; e Faixa C, para projetos de R$ 50 mil a R$ 150 mil. Todos os professores da UEPB contemplados  no Edital MCT/CNPq 14/2010 – Universal, estão inseridos na Faixa A. A criação de faixas para financiamento das propostas ocorre desde 2007.

     

    O Edital Universal é uma das maiores ações de fomento do Conselho para atividades de pesquisa científica, tecnológica e de inovação em todos os segmentos do saber. Em 2009, o programa aprovou 2.715 projetos e contou com recursos da ordem de R$ 100 milhões. O número de projetos aprovados no Edital Universal deste ano recebeu um aumento significativo: foi 31% maior do que o anterior, passando agora a direcionar R$ 120 milhões nas 3.557 propostas aprovadas. O Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia (C&T) incorporou, nos últimos oito anos, cerca de 14 mil novos pesquisadores doutores - fruto da expansão das universidades federais e estaduais, além de institutos de pesquisa. Estes novos pesquisadores estão agora buscando apoio para seus projetos  e por esta razão o crescimento do apoio pelo Edital Universal reveste-se de suma importância.

     

    Para ver o resultado geral, confira o endereço: http://www.cnpq.br/resultados/2010/014.htm