UEMS fecha acordo de cooperação com Associação de Bioenergia.

     


    A UEMS assinou na última sexta-feira (18) um acordo de cooperação geral de cinco anos com Associação de Bioenergia de Mato Grosso do Sul (Biosul), que congrega 21 usinas de álcool distribuídas por todo o Estado. O convênio favorecerá o intercâmbio e a cooperação técnico-científica e cultural entre as duas instituições com o objetivo de promover a realização de pesquisas, ensino e geração de inovações, troca de informações e prestação de serviços integrados em áreas de interesse comum.

     

    De acordo com o presidente da Biosul, Roberto Hollanda, a parceria entre os setores público e privado, com foco na sustentabilidade do setor sucroenergético, é fundamental para o desenvolvimento adequado do setor na região. A relevância do convênio foi endossada pelo reitor da UEMS Gilberto Arruda. Segundo ele, a Universidade está atenta para a realidade econômica e ambiental do Estado e, acordos como esse, são decisivos tanto para o amadurecimento do mercado sucroenergético local, quanto para o desenvolvimento do setor de pesquisas acadêmicas.

     

    A união das duas instituições auxiliará na formação qualificada de recursos humanos em nível de graduação, especialização e mestrado, além de possibilitar a oportunidade de estágios currículares aos estudantes da UEMS nas usinas envolvidas.

     

    De acordo com o coordenador do Grupo de Estudos em Cana de Açúcar (GECA) e professor da UEMS, Laércio Alves de Carvalho, este convênio concretiza um sonho do GECA/MS e demonstra a importância  do trabalho desenvolvido pelo grupo de estudos e pela UEMS nos temas relacionados ao setor sucroalcooleiro.