Capes aprova R$ 1,7 milhão para Unicentro.


    A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou a relação das instituições com projetos selecionados para o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid). A Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (Unicentro) obteve aprovação no projeto “Vivenciando a Prática Pedagógica: A escola como Espaço de Formação Profissional e Cidadã”, com valor financiado de R$ 1,7 milhão.

     

    A Pró-Reitoria de Ensino da Unicentro informou que o projeto abrangerá oito cursos de licenciatura: De Guarapuava, serão beneficiados os cursos de Matemática, Letras Português, Pedagogia (os três do Campus Santa Cruz), Física e Química (ambos do Campus Cedeteg); Já o Campus de Irati estará representado pelos cursos de Geografia, Letras Espanhol e Matemática. Entre os itens financiados estão bolsas para acadêmicos, coordenadores de área e supervisores da rede de ensino; e material de custeio.

     

    De acordo com a Capes, nesta edição, cem instituições de ensino superior (IES) públicas – sendo quatro municipais, 20 estaduais e 76 federais – foram contempladas, totalizando, no Programa, um adicional de 8.928 estudantes de cursos de licenciatura e 1.429 professores da rede pública a serem apoiados pelos próximos dois anos.

     

    O Pibid tem o objetivo de estimular a docência e implantar ações que valorizem o magistério entre os estudantes de graduação. A iniciativa funciona por meio da concessão de bolsas para que estudantes de licenciatura realizem projetos em escolas de educação básica, que visam à aproximação da teoria das licenciaturas à prática de salas de aula da rede pública de ensino. Além dessa integração entre universidade e escola, os projetos desenvolvidos propiciarão aos bolsistas o contato com experiências metodológicas, tecnológicas e práticas docentes de caráter inovador e interdisciplinar, sob supervisão de professores das escolas públicas.

     

    Os benefícios não se restringem aos participantes do programa, pois as escolas parceiras também saem ganhando, uma vez que são priorizadas aquelas com baixo índice de desenvolvimento da educação básica e que, além de alcançar resultados positivos com os projetos, atuam como protagonistas no processo de formação dos estudantes das licenciaturas.

     

    Acesse mais informações sobre o Pibid no site: www.capes.gov.br/educacao-basica/capespibidClique aqui para acessar o resultado.