Universidade inaugura Centro de Pesquisa Odontológica

     


     

    A Universidade de Taubaté (UNITAU) inaugurou na quarta-feira (4), o Centro de Pesquisa Odontológica (CEPEO), a partir das 10h. Instalado no Departamento de Odontologia da Instituição, o CEPEO pretende ser o espaço para o desenvolvimento de pesquisas avançadas na área odontológica, para os programas de pós-graduação da Universidade, como Mestrado, Doutorado e pós-doutorado.

     

    Organizado por um grupo de seis professores-pesquisadores, o CEPEO abriga quatro minilaboratórios, com especificidades próprias – cultura de células humanas, extração de DNA e RNA humano e bacteriano e cultura de microorganismos, além de uma área para esterilização de materiais.

     

    A criação do Centro de Pesquisa Odontológica surgiu da necessidade de uma infraestrutura adequada para dar continuidade à elaboração de estudos científicos no ramo. Atualmente, a UNITAU possui pesquisas financiadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) – órgãos que disponibilizaram verba para a construção do CEPEO.

     

    A equipe de estudiosos do CEPEO deve abarcar as seguintes linhas de pesquisas: clínica em periodontia, cultura de células, microbiologia bucal e biologia molecular. Ao know-how dos professores e dos pós-graduandos da UNITAU soma-se a tecnologia de ponta com que estão equipados os minilaboratórios.

     

    “A possibilidade de desenvolvermos novas pesquisas na área de odontologia, assim como sua divulgação posterior, é importante porque deve trazer benefícios não apenas para a Instituição, mas para a comunidade, uma vez que os resultados alcançados serão levados, mais tarde, para o dia a dia dos consultórios”, afirma o coordenador do CEPEO, prof. dr. José Roberto Cortelli.