Etene/Fundeci do BNB financia seis pesquisas da Unimontes em Janaúba.



    Seis propostas de pesquisas da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) foram aprovadas em cinco editais do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), do Fundo de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Fundeci), do Banco do Nordeste – referente ao exercício de 2011. O Etene/Fundeci tem como objetivo o incentivo à Pesquisa e Difusão Tecnológica.

     

    No âmbito da Unimontes, os trabalhos são de professores dos cursos de graduação em Agronomia e Zootecnia e dos mestrados em Produção Vegetal no Semiárido e de Zootecnia, todos ministrados pela universidade no campus de Janaúba (Norte de Minas).

     

    As pesquisas serão desenvolvidas durante 24 meses, a partir da assinatura do contrato com o BNB. Estão envolvidos 20 professores e seis acadêmicos dos referidos cursos, com financiamento de aproximadamente R$ 250 mil.

     

    Compromisso

    O pró-reitor de Pesquisa da Unimontes, Vicente Ribeiro Rocha Júnior, destaca a importância da aprovação dos projetos pelo Banco do Nordeste, “uma agência de fomento séria e respeitada em todo o País”. Ele ressaltou também que “essa conquista evidencia mais uma vez o comprometimento da universidade com o desenvolvimento científico e tecnológico da agropecuária regional, de forma sustentável”.

     

    Foram aprovadas as seguintes propostas: “Avaliação econômica e zootécnica de fontes alternativas de compostos nitrogenados na alimentação de vacas mestiças em lactação em sistemas de confinamento”, coordenada pelo professor Vicente Ribeiro Rocha Júnior; “Estratégias de suplementação de bovinos de corte em pastejo no período de transição águas/seca”, do professor Dorismar David Alves; e “Avaliação de linhagens selecionadas de feijoeiro na região Norte de Minas Gerais”, do professor Abner José de Carvalho.

     

    E ainda: “Prospecção de Variedade de cana-de-açúcar para tolerância ao estresse hídrico no Norte de Minas”, do professor Carlos Eduardo Corsato; “Folha de bananeira em substituição de sorgo na alimentação de ovinos em confinamento”, do professor Dorismar David Alves; e “Seleção de porta-enxerto de maracujazeiro resistente à Fusarium spp. e Meloidogyne javanica”, da professora Adelica Aparecida Xavier.

     

    “Os trabalhos abordam temas de grande relevância para o incremento da produção animal e vegetal no semiárido norte-mineiro”, complementou o pró-reitor de Pesquisa da Unimontes.