UENF firma acordo para internacionalização da pós-graduação.

                

    O Colegiado Acadêmico da UENF aprovou nesta terça, 12/07, Acordo de Cooperação com a Capes que permitirá a concessão de bolsas de doutorado sanduíche (em que parte da formação se dá no exterior) a todos os dez programas da UENF que mantêm cursos de doutorado. Para o reitor Silvério de Paiva Freitas, trata-se de uma 'iniciativa relevante para a internacionalização da pós-graduação da UENF'.

     

    O PDSE (Programa Institucional de Bolsas de Doutorado Sanduíche no Exterior) contemplará todos os cursos da UENF, independente do conceito. Trata-se de um programa institucional da Capes com o objetivo de qualificar recursos humanos de alto nível por meio da concessão de cotas de bolsas de doutorado sanduíche. O PDSE, que será aplicado em universidades de todo o país, foi um dos destaques na comemoração dos 60 anos da Capes, nesta segunda, 11/07, que teve a participação do reitor da UENF.

     

    - Considerando o aporte de 20 bolsas para um período mínimo de quatro meses, teremos oportunidade de migrar para as melhores universidades do mundo 60 estudantes entre 2011 e 2012, quando encerra o triênio de avaliação da Capes - afirma o professor Antonio Amaral, pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UENF.

     

    As bolsas serão destinadas aos alunos brasileiros regularmente matriculados nos cursos de doutorado das instituições de ensino superior (IES) participantes, com potencial científico para o desenvolvimento dos estudos propostos no exterior. Cada curso receberá em 2011 duas cotas de bolsa. Cada cota representa 12 meses de estudo, que pode ser utilizada por até três estudantes em um período mínimo de quatro meses.