Noroeste do Rio de Janeiro, em bloco, pedirá UENF.

     

     

    Reunidos na Reitoria da UENF na manhã desta quarta, 20/07/11, os prefeitos de Itaperuna, Itaocara e Italva firmaram o compromisso de detalhar até o final deste mês os termos da proposta comum de expansão da Universidade Estadual do Norte Fluminense para a região Noroeste do Estado. Fernando Paulada, de Itaperuna; Alcione Correa de Araújo, de Itaocara; e Joelson Gomes Soares, de Italva, mobilizarão os outros dez prefeitos da região para um novo encontro dia 29/07, em Itaperuna, quando a proposta será formalmente fechada.

     

    - Estou agradecido e otimista pela postura dos senhores, que vieram aqui e se dispuseram a trabalhar em conjunto. Acho que demos um grande passo para viabilizar a presença física da UENF no Noroeste - disse o reitor Silvério de Paiva Freitas, ao final da reunião.

     

    O principal ponto para viabilizar a expansão é a autorização, pelo governo do Estado, dos concursos públicos para contratação definitiva de professores e técnicos. Processos embasando esta solicitação já estão protocolados nas instâncias do governo estadual. Ao longo do encontro, foi amadurecida a ideia de se identificarem recursos materiais pertencentes ao Estado - fazendas ou instalações existentes em diferentes municípios - que possam ser incorporadas à proposta.

     

    Já na abertura da reunião, o reitor Silvério apresentou informações sobre a qualidade da formação oferecida pela UENF e fez um apelo para que não houvesse divisão, mas sim soma de esforços. Mas nem seria preciso, pois os prefeitos chegaram com o discurso afinado quanto à cooperação.

     

    A reunião teve ainda a presença do ex-prefeito de Campos Sergio Mendes (em cujo mandato se deu a implantação da UENF, em 1993); do vice-reitor Edson Corrêa da Silva; do presidente da Fenorte, Almy Junior; e de assessores diretos dos prefeitos e da  Reitoria.