Unicentro é destaque no 'Prêmio BRDE de Desenvolvimento'.

     

    O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e o Conselho Regional de Economia do Paraná (Corecon-PR) divulgaram na última sexta-feira, 12 de agosto, o resultado do “6º Prêmio BRDE de Desenvolvimento”. Os trabalhos vencedores, primeiro e segundo colocados, são da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (Unicentro).

     

    O primeiro lugar ficou com a professora Raquel Virmon Rauen Dalla Vecchia, do Departamento de Ciências Econômicas da Unicentro, com a pesquisa intitulada “Uma análise sobre o cooperativismo no Paraná como Instrumento de Políticas Públicas de Desenvolvimento Local”. A professora, que receberá um prêmio no valor de R$ 5 mil, contou que “o trabalho abordou a significativa contribuição do cooperativismo na economia paranaense, enfatizando a análise do cooperativismo como instrumento de políticas públicas de geração de trabalho e renda de desenvolvimento local para o estado do Paraná”.

     

    “Além do reconhecimento e valorização do meu trabalho, é um estímulo para nós, professores e pesquisadores, buscarmos o aprimoramento, aprofundarmos nossos trabalhos e disseminarmos as nossas pesquisas”, declarou a vencedora do Prêmio BRDE.

     

    Também da Unicentro, o professor Fernando Franco Neto e o agente universitário Giomar Vianna ficaram com o segundo lugar, com o trabalho “A Importância do Cooperativismo na Agricultura Familiar: o caso da Cooperativa de Leite Coorlaf-Central e suas Singulares”. Em conjunto com alguns graduandos e alunos recém-formados, Franco Neto e Viana fizeram um diagnóstico junto com as cooperativas e, a partir disto, elaboraram um cronograma de trabalho prático junto aos produtores. O prêmio para o segundo colocado é de R$ 3 mil.

     

    O terceiro lugar ficou com Jandir Ferreira de Lima e Lucir Reinaldo Alves da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), que produziram o artigo “Cooperativismo e Desenvolvimento Rural no Paraná Agronegócio”. O prêmio é de de R$ 2 mil.

     

    O concurso, que estimulou estudantes e profissionais do Paraná a produzirem trabalhos técnicos e investigativos sobre economia, abordou o tema “A contribuição do cooperativismo para o desenvolvimento da economia paranaense”. Para que fosse realizada a seleção final dos trabalhos foi formada uma comissão julgadora, constituída por cinco membros escolhidos dentre professores universitários, integrantes de conselhos profissionais, da imprensa e profissionais de notório saber econômico, com qualificação técnica e formação acadêmica compatíveis com os trabalhos apresentados.