Unimontes reforça as ações para intercâmbio com instituições europeias.



    A Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) desenvolve ações para a ampliação dos convênios com instituições estrangeiras, com o objetivo de oferecer aos professores e acadêmicos novas oportunidades para a realização de cursos de intercâmbio em outros países. Dentro desse propósito, na manhã desta quinta-feira (01/09), o reitor João dos Reis Canela recebeu a visita do professor Casimiro Manuel Marques Balsa, coordenador executivo do departamento de Sociologia da Universidade Nova de Lisboa (UNL), que também é professor visitante do mestrado em Desenvolvimento Social da Unimontes.

     

    O encontro contou, ainda, com a participação do coordenador do Núcleo de Intercâmbio e Cooperação Institucional, João Felício Rodrigues Neto, e da professora Luciene Rodrigues, do mestrado em Desenvolvimento Social. Foi discutida a ampliação das atividades previstas em convênio de cooperação técnica e científica firmado entre a Unimontes e a universidade portuguesa.

     

    Casimiro Balsa ressaltou que a Unimontes, em face aos seus avanços, tem plenas condições para estabelecer o intercâmbio com as universidades de outros países, dando, assim, maior visibilidade às suas atividades nas áreas do ensino, pesquisa, extensão e da pós-graduação. Nesse sentido, sugeriu que a Universidade promova eventos voltados para a divulgação dos diversos programas de graduação e da pós-graduação Lato sensu e Stricto sensu junto às instituições de Portugal e outros países da comunidade européia. Ele se dispôs a colaborar diretamente nesse processo.

     

    O reitor João Canela destacou que a meta da Universidade Estadual de Montes Claros é incrementar a parceria em níveis nacional e internacional, divulgando suas ações. Lembrou que, há algum tempo, a Unimontes mantém intercâmbio com as Universidades Nova de Lisboa (UNL), Coimbra (UC) e Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). “O nosso objetivo é firmar acordos de cooperação técnica e científica também com universidades de outros países da Europa, oferecendo novas oportunidades de intercâmbio aos nossos professores e alunos”, enfatizou o reitor.

     

    Expansões

    Ainda durante o encontro, João Canela ressaltou que a Unimontes vive uma fase de expansão, tanto na graduação como na pós-graduação, na extensão e na pesquisa, o que também favorece o intercâmbio. Lembrou que o Norte de Minas também passa por um momento bastante propício ao maior desenvolvimento econômico. “E a Universidade tem de acompanhar o crescimento regional com a inovação tecnológica, não se esquecendo de outras áreas como a licenciatura e a saúde”, comentou.