Campus de Toledo recebe professores canadenses.

     

     

    Na próxima terça-feira (7), a partir das 19 horas, o Campus de Toledo da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) receberá a visita de três professores/pesquisadores canadenses.  Eles participarão da Escola de Altos Estudos de Desenvolvimento Regional, que será promovida pelo Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Regional e Agronegócio (Mestrado e Doutorado) e pelo Colegiado de Ciências Econômicas.

     

    Os pesquisadores debaterão questões ligadas ao desenvolvimento regional, local e territorial. Vão expor estudos de caso e apresentar os últimos avanços nas doutrinas ligadas a ciência regional.  Na oportunidade também serão discutidos com os coordenadores da Pós-Graduação strictu sensu mecanismos de cooperação internacional. Cabe ressaltar que o governo do Paraná firmou um grande convênio de cooperação com o governo do Québec, em 2009.

     

    Além da Escola de Altos Estudos em Desenvolvimento Regional, no dia 11 de novembro os pesquisadores canadenses acompanharão professores da Unioeste em visita ao Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da Universidade do Contestado (UnC), em Canoinhas (SC), para acertar atividades ligadas a pesquisa em rede.

     

    Desde 2009 a Unioeste vem estreitando laços entre os programas de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional, tanto que já houve a mobilidade docente entre as instituições. Os pesquisadores canadenses que visitarão o Câmpus de Toledo são professor Marc Urbain Proulx, economista, diretor do Programa de Doutorado em Desenvolvimento Regional da Université du Québec. Diretor do Centro de Pesquisas sobre o Desenvolvimento Territorial (CRDT).

     

    Conselheiro do governo do Québec, Professor André Joyal, economista, brasilianista, pesquisador do Centro de Pesquisas sobre as Micros e Pequenas Empresas e membro do Centro de Pesquisas sobre o Brasil da Université du Québec à Montréal. E o professor Yvan Desbiens, geógrafo, brasilianista, pesquisador associado do Grupo de Pesquisas em Intervenção Regional da Université du Québec e membro do Centro de Pesquisas sobre o Brasil da Université du Québec à Montréal.

     

    A vinda dos pesquisadores canadenses está sendo patrocinada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Fundação Araucária.