Parlamentares federais e estaduais de MS investem na UEMS.

     

    Duas viagens realizadas nos últimos 15 dias pelo reitor da UEMS, Fábio Edir, confirmaram o bom relacionamento que a instituição tem tido com seus representantes políticos e garantiram boas notícias para a Universidade no que diz respeito a verbas extra-orçamentárias. Na semana passada em viagem à Brasília, o dirigente recebeu a garantia de investimentos na ordem de aproximadamente R$ 3,6 milhões, provenientes de emendas administradas pela bancada federal de Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional. "Nossos representantes políticos têm sido parceiros nos projetos de desenvolvimento da UEMS. Com a viabilização dos recursos dessas emendas a UEMS ficará ainda mais forte para cumprir sua principal missão que é gerar conhecimento e promover o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul", diz o reitor da UEMS, Fábio Edir.

    A fim de viabilizar as negociações dos investimentos, a UEMS formatou um detalhado documento com os principais projetos pretendidos pela Universidade. Os projetos foram elaborados em três eixos principais: Plano de Informatização; Construção de um Centro de Convivência; e Plano Vivência na Prática. Para a informatização, o deputado Antônio Carlos Biffi destinou R$ 1 milhão para ampliação da capacidade de acesso à rede digital. O recurso será empregado na compra de mais de 500 microcomputadores para laboratórios de aulas práticas de informática em todas as unidades universitárias UEMS. Os senadores Delcídio do Amaral e Antonio Russo Neto também destinaram emendas para fortalecimento da estrutura tecnológica da UEMS. Delcídio garantiu um recurso de R$ 250 mil para compra de microcomputadores e Russo, uma quantia de R$ 300 mil, recurso que servirá para construção de um laboratório de informática na unidade universitária de Nova Andradina.

    Para o Plano Vivência na Prática, os deputados Geraldo Resende e Marçal Filho investirão R$ 500 mil cada, com recurso de suas emendas, para a compra de dois ônibus para a Universidade. Os veículos serão usados tanto para viabilizar aulas práticas em campo, quanto para oportunizar viagens a congressos, seminários e encontros científicos dentro e fora do Estado. O deputado Edson Giroto participará do plano de desenvolvimento da UEMS com uma emenda de R$ 500 mil, direcionada para construção de um Centro de Convivência na sede universitária em Dourados, uma antiga demanda de alunos e servidores. O objetivo é criar espaços que possam oferecer serviços de qualidade tais como: lanchonetes, restaurante, farmácia, copiadora, cafés, papelarias dentre outros. Reinaldo Azambuja, por sua vez, destinará R$ 300 mil para construção de blocos de ensino na unidade de Mundo Novo, para atender aos cursos de Ciências Biológicas e Tecnologia em Gestão Ambiental voltadas para Geoprocessamento e Informática.

    Bancada estadual

    Na viagem realizada no dia 27 a Campo Grande, a bancada de deputados estaduais de Mato Grosso do Sul também demonstrou empenho no apoio à UEMS. Os parlamentares traçaram um verdadeiro plano conjunto para suporte aos planos apresentados pelo reitor da Universidade, Fábio Edir. Atualmente, os deputados estaduais dispõem de uma verba individual total na ordem de R$ 800 mil, que deve ser empregada da seguinte forma: R$400 mil em projeto ligados à saúde; R$200 mil à educação; e R$ 200 mil em projetos sociais. Da verba destinada à educação, os deputados Zé Teixeira, Felipe Orro, Dione Hashioka e Junior Mochi já garantiram investimentos de suas emendas individuais nas unidades da UEMS em Glória de Dourados, Aquidauana, Nova Andradina e Coxim, respectivamente. Além desses, os demais deputados presentes no encontro com o reitor, organizado pelo Presidente da Assembleia Legislativa de MS, Jerson Domingos, os deputados Prof. Rinaldo, Cabo Almi, Laerte Tetila, Mara Caseiro, Paulo Corrêa e Marcio Monteiro, também demonstraram sensibilidade em investir na educação superior estadual através das ações desenvolvidas pela UEMS.