Unicamp e Brown University firmam acordo para intercâmbio de docente.

     

    A Unicamp e a Brown University (EUA) firmaram um protocolo de cooperação que cria o Programa de Intercâmbio Docente de Curta Duração entre as duas partes. Pelo acordo, cada instituição receberá e enviará um docente, a cada ano letivo, para o cumprimento de estágio de uma semana. Neste período, o intercambista deverá ministrar aulas e palestras ou apresentar seminários. O objetivo da iniciativa, que se estenderá até 2015, com possibilidade de renovação, é fortalecer os laços de colaboração acadêmica e de pesquisa entre as duas escolas de nível superior.

    O protocolo foi assinado (foto) pelo reitor Fernando Costa e pelo vice-presidente de Relações Internacionais da Brown, Matthew Gutmann. Também participaram do encontro os pró-reitores Marcelo Knobel (Graduação) e Euclides de Mesquita Neto (Pós-Graduação), além do titular da Coordenadoria de Relações Institucionais e Internacionais (Cori), Leandro Tessler. Conforme o acordo, a indicação do docente que participará do programa será feita pela universidade de origem, com a aprovação da instituição de destino.

    As áreas de conhecimento envolvidas serão definidas em comum acordo entre as partes, mas deverão contemplar principalmente os segmentos das engenharias e de humanidades. As passagens aéreas dos intercambistas serão custeadas pela instituição de origem, enquanto as despesas de hospedagem e alimentação ficarão a cargo da universidade hospedeira. Durante a reunião que antecedeu a assinatura do protocolo, os dirigentes da Unicamp e da Brown iniciaram conversações com vistas à ampliação da parceria entre as instituições.

    Há a possibilidade da criação de programas de intercâmbio que contemplem também alunos de graduação e pós-graduação das duas universidades. De acordo com o reitor Fernando Costa, o estreitamento das relações com a Brown é muito importante e faz parte do processo de internacionalização da Unicamp. "Para nós, é motivo de satisfação saber que a Brown University, que está entre as melhores instituições de ensino superior norte-americanas, considera a Unicamp como uma parceira preferencial nas áreas acadêmica e de pesquisa".