Reitor da Unicamp recepciona 145 estudantes estrangeiros que estão vindo de 40 países.

      

                Os 145 alunos estrangeiros que vieram estudar na Unicamp a partir deste semestre foram recepcionados pelo reitor Fernando Costa na tarde desta sexta-feira, em cerimônia no Centro de Convenções. Eles estão chegando de 40 países, dentro da proposta de internacionalização da Universidade através da mobilidade estudantil para estudos de graduação e pós-graduação. “Quero dar as boas-vindas a todos e enfatizar que para a Unicamp é fundamental recebê-los, assim como é fundamental que nossos estudantes tenham a oportunidade de estar em universidades de outros países por tempo suficiente para entrar em contato com culturas e ambientes diferentes”, saudou o reitor.

    À frente da Coordenadoria de Relações Institucionais e Internacionais (Cori), órgão responsável pelos intercâmbios firmados pela Unicamp, o professor Leandro Tessler lembrou que esta cerimônia de recepção, com as presenças do reitor e de pró-reitores, demonstra a importância que a instituição dá aos estudantes estrangeiros. “Ter outras culturas e línguas diferentes faladas no campus só enriquece a Unicamp, da mesma forma que será rica a experiência que vocês terão na Universidade”.


                O professor Marcelo Knobel, pró-reitor de Graduação, disse que em outros países esse investimento feito pela Unicamp na vinda de estudantes estrangeiros não é bem compreendido. “Somos uma universidade pública, gratuita, e esse investimento é pago pela sociedade brasileira, já que não cobramos nada, ao contrário de instituições no exterior. Mas é que consideramos fundamental tê-los aqui para melhorar o nosso ensino, a cultura dos nossos estudantes e a vida no campus. Propiciar a vocês uma boa perspectiva da Unicamp, da cidade e do país é nosso papel social como universidade pública.”