Estado e União assinam cedência de área para nova unidade da UEMS.

     

    O reitor da UEMS, Fábio Edir, participou na última terça-feira (5) da assinatura do termo de cessão de uso da área pertencente ao patrimônio da União para construção da nova unidade universitária em Campo Grande. A área cedida, avaliada em aproximadamente R$ 7,5 milhões, está localizada próxima à região do Aeroporto com um tamanho total de 59.883,16 m². “É um grande sonho que estamos realizando. Teremos 10 mil metros quadrados de área construída e espaço para crescer, e crescer com qualidade”, comemorou Fábio Edir.

    Para o superintendente do Patrimônio da União no Estado de Mato Grosso do Sul, Mário Sérgio Sobral Costa, a cessão da área, remanescente do entorno ferroviário, deve beneficiar a UEMS e aumentar ainda mais o campo de atuação da Universidade. “Procuramos disponibilizar estas áreas remanescentes aos entes públicos para a construção de estruturas para atender prioritariamente a saúde e a educação”, frisou o superintendente.

    A obra de construção da nova unidade contará com recursos do BNDES através do Programa de Financiamentos e Empreendimentos (Finem).

    Atualmente a Unidade funciona no prédio de uma escola estadual, oferecendo aos estudantes da Capital seis cursos de graduação, além do mestrado em Letras. Segundo o reitor da UEMS, Fábio Edir, estão previstos investimentos na ordem de R$ 45 milhões na construção de um novo prédio que irá abrigar as instalações da Universidade.

    Participaram da solenidade de assinatura do termo a secretária de Estado de Administração, Thie Higuchi; a secretária adjunta de Educação, Cheila Vendrami, a chefe do Escritório de Representações da UEMS, Eliza Cêsco, além do presidente da Fundect Marcelo Turine e o superintendente da Semac, Felipe Dias.