Comitiva da ABRUEM garante apoio ao intercâmbio de estudantes brasileiros.

     

    Nesta segunda-feira (18/06), os representantes das Instituições de Ensino Superior brasileiras que integram a comitiva da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM) garantiram o apoio ao intercâmbio de estudantes brasileiros.

    Em visita pela manhã a Universitat de Stuttgart, a comitiva da ABRUEM foi recebida no Centro Internacional da Universidade pelo Diretor do Escritório de Assuntos Internacionais, doutor Heiko Richter e pelas senhoras Sibille Langer e Ursula Habel. Os representantes brasileiros visitaram laboratórios de pesquisa no Campus Universitário e, na sequência, foram recebidos numa reunião/almoço pela vice-reitora de Pesquisa e Tecnologia, professora Sabine Laschat.

    A Universitat de Stuttgart tem as Engenharias e as Ciências Naturais como foco no ensino e na pesquisa. Além disso, a instituição é reconhecida pela sua excelente reputação nas áreas de engenharia automotiva avançada, manufatura industrial, engenharia de processo e tecnologia aeroespacial. A orientação internacional da instituição fica evidenciada por meio dos inúmeros cursos em inglês oferecidos. O estudante estrangeiro recebe todo apoio do Escritório de Assuntos Internacionais desde a sua chegada em Stuttgart, até a sua acomodação e cursos de alemão preparatório.

    Na parte da tarde, a comitiva brasileira foi até a Universität Tübingen. Quem deu as boas vindas foi reitor Bernd Engler, que fez uma apresentação da universidade, destacando suas Áreas de Excelência. Uma das mais antigas universidades da Alemanha é internacionalmente conhecida quando o assunto é Medicina e Ciências Naturais. Hoje, a instituição tem 22 mil alunos. Na área de Medicina, o corpo docente da Tübingen atende a 66 mil pacientes internados e 200 mil doentes ambulatórios em uma base anual.

    Essa instituição faz parte do ranking alemão de universidades de Excelência. O resultado das onze universidades alemãs que fazem parte deste seleto grupo foi divulgado na última sexta- feira, 15 de junho. A participação neste grupo significa o investimento de aproximadamente 100 milhões de euros nos próximos cinco anos em pesquisa, como verba extraordinária do Governo Federal Alemão.  É a maior conquista que uma universidade pode alcançar academicamente na Alemanha.

    Após a apresentação do sistema ABRUEM, houve um amplo debate entre todos os participantes da reunião (reitores brasileiros e representantes da Universität Tübingen), onde ficou claro que um número considerável de vagas serão oferecidas para estudantes brasileiros de graduação e pós- graduação através do Edital do Ciência Sem Fronteiras/Alemanha.  Para os estudantes de graduação é necessário o conhecimento do idioma alemão. Já para os alunos de pós-graduação é preciso dominar tanto o alemão, quanto o inglês.

    O presidente da ABRUEM e reitor da UEPG, João Carlos Gomes, saiu satisfeito do encontro na Universität Tübingen. “Foi uma das instituições mais receptíveis para receber nossos alunos através do Programa Ciência Sem Fronteiras”.

    A Missão Internacional segue com visitas amanhã (19/06) ao Instituto de Tecnologia de Karlsruhe. A viagem dos representantes brasileiros termina no próximo dia 22 de junho.