UPA reúne 35 mil jovens.

        

    Cerca de 35 mil jovens do ensino médio de sete estados brasileiros devem participar do evento Unicamp de Portas Abertas (UPA) deste ano, que acontece no dia 1 de setembro próximo.  As inscrições foram encerradas na última quarta-feira (22), às 15h59, pela organização do evento. O encerramento foi determinado pelo limite de inscrições, que este ano foi reduzido pela decisão de realizar o evento apenas no sábado (1º de setembro). Em edições anteriores, a UPA aconteceu em dois dias (sexta-feira e sábado).

     

    Os estudantes da última escola inscrita vêm da cidade de Mogi Guaçu, São Paulo, estado que será representado por 461 escolas, sendo 40 da capital e 42 de Campinas. Mas vale lembrar que, além de visitantes inscritos, muito moradores de Campinas e região optam por fazer roteiro por conta, segundo a coordenadora do evento, Carmen Zink Bolonhini, assessora da Coordenadoria Geral da Universidade (CGU).

     

    A Escola Estadual Padre Longuino Vastbinder trará 52 visitantes. Além de São Paulo, seis Estados brasileiros estão representados. Somente de Minas Gerais devem ser recebidas 60 escolas. Estudantes de Sergipe representam duas escolas, assim como os do Rio de Janeiro. De Mato Grosso do Sul participarão três escolas; de Goiás, uma. Outras três escolas se aventuram da Bahia rumo a Campinas para ver o que a Unicamp tem a oferecer.

     

    A procura, que provocou o encerramento das inscrições dez dias antes do evento, mostra que o renome da Unicamp atinge todo o país, na opinião de Carmen Zink. “Estamos muito felizes por receber esses visitantes e estamos nos preparando para recebê-los com segurança e eficiência”, afirma a coordenadora.

     

    De acordo com ela, 24 das instituições inscritas se identificam como curso pré-vestibular, 304 como sendo da rede particular, 219, da rede pública, 22 como escolas técnicas e 14 de se identificaram como sendo de outro tipo.

     

    As atividades da UPA acontecem, este ano, nas unidades de ensino de pesquisa, e não no espaço do Ginásio de Esportes, atualmente em reforma. Envolvem palestras, apresentações culturais, entre outras. Uma orientação importante ressaltada por Carmen Zink é a consulta à programação do evento para que a visita seja bem proveitosa e satisfaça a expectativa dos estudantes, na maioria em busca de informações importantes para seu futuro profissional. “É importante tomar conhecimento das unidades que pretendem visitar e fazer um planejamento”, orienta a coordenadora.

     

    Saiba mais sobre a UPA, acessando o site do evento.