Inaugurado no HUCF Núcleo da Rede Universitária de Telemedicina.

     

    A Universidade Estadual de Montes Claros passou a integrar a Rede Universitária de Telemedicina (RUTE), implementada com o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e da Rede Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). Na manhã da última segunda-feira (29.10), foi inaugurado o Núcleo de Telemedicina da rede, instalado no Hospital Universitário Clemente de Faria.  Em todo país, já existem 62 núcleos da rede.

    A solenidade, presidida pelo reitor João dos Reis Canela, foi realizada no auditório do Hospital Universitário e contou com a presença do coordenador nacional da RUTE, Luiz Messina.  Também participaram integrantes da gestão superior da universidade, diretores, professores e servidores do HUCF, juntamente com o secretário municipal de Saúde, Geraldo Edison Souza Guerra.

    Na oportunidade, o coordenador do Núcleo de Telemedicina da Unimontes, professor André Pires Antunes, destacou que a iniciativa vai permitir a integração com outras universidades brasileiras e estrangeiras. Professores, pesquisadores e acadêmicos poderão aprofundar os conhecimentos, por intermédio de palestras e aulas transmitidas pelo sistema de videoconferência. 

    O reitor João dos Reis Canela ressaltou que a inauguração do núcleo da Rede Universitária representa “um momento de expressivo avanço do Hospital Universitário Clemente de Faria.” Ele lembrou que a Unimontes investe cada vez mais inovação e amplia suas ações em prol do desenvolvimento das regiões onde está inserida, o Norte e o Noroeste de Minas e o Vale do Jequitinhonha.

    O coordenador nacional presença do coordenador nacional da a Rede Universitária de Telemedicina,   Luiz Messina,  enalteceu a importância do projeto para a expansão do ensino, da pesquisa e do conhecimento na área de saúde. Ele disse a Unimontes foi incluída na RUTE na fase 3 de expansão da rede, que contemplou mais 28 hospitais universitários em todo país. “Com a implantação da rede, a educação a distância será cada vez mais usada, visando do ensino e também da assistência à população na área de saúde”, afirmou Luiz Messina, que fez uma explanação sobre o funcionamento da Rede Universitária de Telemedicina.

     

    Ainda na oportunidade, foi inaugurada no Hospital Universitário a sala equipada com o sistema de videoconferência, que servirá como suporte para a RUTE.  Os equipamentos vão permitir que os pesquisadores, professores e acadêmicos da área de graduação e participantes dos cursos de residência médica, mestrado e doutorado possam assistir palestras e aulas de outras instituições, de maneira simultânea.