Presidente da ABRUEM se apresenta em Fórum na China.

     

    Expondo o sistema de interiorização do ensino superior brasileiro, o presidente da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM) e reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), João Carlos Gomes, participou do Fórum da Gestão do Ensino Superior nos Países e Regiões de Língua Portuguesa, em Macau (China). O encontro se estende até  sexta-feira (9/11), e tem como tema central o ensino superior de qualidades nos países de língua portuguesa. Com esse enfoque serão debatidas questões de políticas públicas, reforma do ensino superior, financiamento e internacionalização e avaliação e garantia de qualidade.

     

    O presidente da ABRUEM participou do painel “Avaliação e Qualidade do Ensino Superior”, que contou também com a presença de Paulo E. N. de Moura Rocha, professor decano de Gestão da UnBrasília, ex­subsecretário de Planejamento e Orçamento do Ministério da Educação no Brasil? Teresa da Silva Neto, reitora da Universidade Metodista e presidente da Associação das Instituições de Ensino Superior Privadas? Julio Pedrosa, ex­ministro da Educação, ex­presidente do CRUP, membro do Register Committee do EQAR – European Quality Assurance Register – e membro do grupo de avaliadores do IEP – Institutional Evaluation Program, Portugal? e Francisco Miguel Martins, vice­reitor da Universidade de Timor­Leste.

     

    Durante sua apresentação, o presidente da ABRUEM destacou a principal preocupação das Instituições de Ensino Superior brasileiras. “As universidades estaduais e municipais pelas suas características geográficas, localizadas no interior do país, sempre se preocuparam com o desenvolvimento da região em que estão inseridas”. Segundo o presidente essa afirmação está baseada no sistema ABRUEM que atualmente congrega 40 universidades ( entre estaduais e municipais), cerca de 700 mil alunos de graduação e 115 mil de pós-graduação. Em seu quadro funcional o sistema possui mais de 42 mil professores. “Somos responsáveis por 40% das pesquisas e da pós-graduação no Brasil”. Por isso, segundo ele, o compromisso dessas instituições é ofertar um ensino superior de qualidade, baseado em pilares como o modelo acadêmico de pertinência social; pesquisa e pós-graduação; integração com a comunidade produtiva e inovação; mobilidade acadêmica; e educação a distância.

     

    O material apresentando pelo presidente da ABRUEM contou com a colaboração dos professores da UEPG, Benjamim de Melo Carvalho, Cleide Aparecida Faria Rodrigue, Gisele Alves de Sá Quimelli, Graciete Tozetto Goes, João Irineu de Resende Miranda e Osnara Maria Mongruel Gomes.


    Clique aqui para conferir a apresentação.

     

     

    O presidente da ABRUEM e reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa, João Carlos Gomes, durante sua apresentação no Fórum realizado em Macau, na China.