Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, cujo projeto arquitetônico foi criado por Niemeyer, é a melhor do Estado do Rio pelo MEC.

     

    Vistos do alto, os prédios que compõem a parte principal do campus da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (Uenf) formam um grande cocar. Foi desta forma que o mestre da arquitetura, Oscar Niemeyer, resolveu homenagear, no início da década de 1990, a terra que acolhia mais um de seus inúmeros projetos arquitetônicos — Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, cujos primeiros habitantes foram os índios Goitacá. O grande ‘cocar’ é constituído por um conjunto de oito prédios (cinco principais e três anexos) no formato dos antigos Cieps (projetados na década de 1980 por Niemeyer para abrigar escolas de tempo integral no Estado do Rio de Janeiro).

    — A UENF se orgulha de abrigar em seu campus principal obras que marcam a genialidade deste grande arquiteto brasileiro. A melhor maneira de honrarmos a contribuição de Niemeyer é dedicarmos a ele os excelentes resultados que acabamos de obter nas avaliações do Ministério da Educação (MEC) — diz o reitor da Uenf, Silvério de Paiva Freitas, lembrando que a instituição obteve o posto de melhor universidade do Estado do Rio de Janeiro no Índice Geral de Cursos (IGC) do MEC. No mesmo indicador — referente a 2011 e divulgado em 06/12 — a Uenf ocupa o 11º lugar entre todas as universidades do país. Dentre as universidades estaduais brasileiras, é a segunda colocada.

    Silvério destaca ainda os bons resultados da Uenf no Enade 2011, no qual dois cursos da Uenf (Engenharia de Exploração e Produção de Petróleo e Ciências Sociais) obtiveram a nota máxima (5). Pela pontuação do Enade, o curso de Engenharia de Petróleo da Uenf obteve a segunda melhor média do país. Considerando especificamente o Conceito Preliminar de Curso (CPC) — que leva em conta a nota Enade e indicadores como infraestrutura, organização didático-pedagógica e corpo docente — o curso obteve a melhor pontuação em todo o país.

    — Somos uma Universidade nova, que completará 20 anos em agosto do ano que vem. No entanto, oferecemos um volume de cursos bastante significativo. São 18 cursos de graduação e 13 programas de pós-graduação — ressalta Silvério, acrescentando que, na Graduação, são 16 cursos presenciais (com ingresso pelo Sisu/Enem) e dois a distância, em parceria com o Consórcio Cederj (ingresso pelo Vestibular do Cederj). A lista dos cursos pode ser encontrada no portal da Uenf (http://www.uenf.br).

    O projeto arquitetônico da Uenf contempla ainda prédios que são verdadeiros monumentos, como é o caso do Centro de Convenções, inaugurado em 2007. Pela suntuosidade e originalidade, o prédio — que ocupa uma área de 8.260 m2 logo na entrada do campus universitário — é considerado um dos cartões postais da cidade. Por decisão unânime do Conselho Universitário da Uenf, o prédio foi batizado recentemente de ‘Centro de Convenções Oscar Niemeyer’. Além de abrigar eventos da própria Universidade, o Centro de Convenções também serve à comunidade externa para toda sorte de eventos, tais como congressos, simpósios, exposições, espetáculos musicais, entre outras.

    Outra obra de arte de Niemeyer que também chama a atenção no campus da Uenf é o prédio do Hospital Veterinário, inaugurado em 2006. O local concentra atividades de ensino, pesquisa e extensão do curso de Medicina Veterinária das UENF. Duas grandes obras deverão ainda ser realizadas, concluindo assim o projeto original de Niemeyer para a Uenf; os prédios da Biblioteca Central e do Espaço da Ciência.

    Texto: Fúlvia D’Alessandri (Gerente de Comunicação da Uenf).