Comitiva brasileira visita a Sung Kyun Kwan University.

     

    No dia 18 (terça-feira), a comitiva formada por reitores e representantes das instituições de ensino superior do Brasil filiadas a Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM) foi recebida na Sung Kyun Kwan University. As boas-vindas foram dadas pelo vice-presidente da instituição, Hyun Soo Kim, no auditório da Biblioteca Samsung.

    Esta instituição foi fundada como o maior instituto nacional de educação nos primeiros anos da Dinastia Joseon da Coréia. Como a universidade mais antiga da Ásia Oriental, tem fomentado líderes da sociedade coreana há mais de 600 anos. Agora, a Sung Kyun Kwan University (também conhecida como SKKU ou simplesmente Seongdae) é uma universidade privada em Seul. Dezoito escolas e três faculdades oferecem graus em nível de bacharelado, e doze escolas de pós-graduação conferem graus de mestrado e de doutorado.

    A instituição ocupa a 98ª posição no Ranking Mundial. A meta da universidade é chegar ao 20º lugar do mundo até 2020. Em 2012 foram 502 patentes, 3.557 publicações científicas e 27 mil estudantes. A SKKU possui 700 acordos com institutos e universidade estrangeiras, tendo 13% do total de seus acadêmicos formados por mais de 70 países.

    Dentro do Programa Ciências Sem Fronteiras do Governo Federal, são 31 alunos brasileiros dentro da SKKU. “O que foi possível perceber durante a visita é que existe um forte interesse em ampliar esse número”, destacou o presidente da ABRUEM e reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), João Carlos Gomes, após a visita.

    O que também chamou a atenção da comitiva brasileira é que a instituição possui uma integração muito forte com as indústrias do país, principalmente com a Samsung. Além disso, ela possui parcerias com a Hyundai, KIA, Kaneca, GM, Posco, SK Energy, Google, Apple, Facebook, Basf, entre outras. Resultado disso pode ser percebido na sua Biblioteca, que custou 450 milhões de dólares, e foi financiada pela própria Samsung.

    Durante a visita, o presidente da ABRUEM fez a apresentação do Sistema da Associação, apresentando todas as filiadas, e destacou o interesse das universidades brasileiras no intercâmbio acadêmico com as universidades sul-coreanas. Entre os espaços que foram visitados estavam os laboratórios das indústrias que trabalham diretamente com a SKKU (LG Eletronics e Samsung).

    Na parte da noite, a visita foi encerrada com um jantar de trabalho oferecido pela SKKU, com a presença do presidente da instituição, Dr. Jun Young Kim.

     

    Registro da Comitiva da ABRUEM durante a visita a Sung Kyun Kwan University