Comitiva brasileira é recebida na Postech University.


    Nesta quarta-feira, dia 26, a comitiva formada por reitores, vice-reitores e representantes das Instituições de Ensino Superior brasileiras filiadas a Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM) visitou a Postech University. O evento integra a Missão Internacional da Associação que esse ano teve como destino a Coréia do Sul. A viagem iniciada no último dia 17 de junho segue até o próximo dia 28 de junho.

    A recepção à delegação brasileira foi dada pelo presidente da instituição Yongmin Kim, além do vice-presidente de Planejamento e Relações Internacionais, Moo Hwan Kim, do vice-presidente de Admissão e Assuntos Estudantis, Sung H. Han e do responsável pelo gabinete de Relações Internacionais, SeungHee Ryu.

    Em números, a Postech é a primeira do Ranking Mundial das universidades com menos de 50 anos se existência. A instituição possui pouco mais de 3.000 alunos, sendo que desse total, 40% são estrangeiros. No quadro de alunos internacionais, 11 alunos brasileiros estudam na Postech pelo Programa Ciências Sem Fronteiras, do governo federal.

    A universidade é uma das instituições privadas do país, sediada em Pohang, que se dedica à pesquisa e educação em ciência e tecnologia. Em 1998, foi classificada pela Asiaweek como a melhor universidade da ciência e tecnologia da Ásia. Em 2011, The Times Higher Education classificou a universidade como a 53 ª melhor universidade do mundo, a sexta melhor na Ásia, e a melhor na Coréia do Sul. Em 2011, QS World University Rankings classificou como a 98 a universidade global no mundo.

    “Há um investimento muito grande do governo e das indústrias para apoio às pesquisas”, revela o presidente da ABRUEM e reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), João Carlos Gomes. Anualmente, a Postech possui um orçamento de 300 milhões de dólares.

    Em porcentagens, 70% das disciplinas da graduação e 100% da pós- graduações são ministradas em inglês. Professores altamente qualificados se dedicam 30 % no ensino, 60% na pesquisa e 10% na prestação de serviço.

    “O president Kim destacou que a visita da Comitiva da ABRUEM a Postech com certeza vai impulsionar as relações acadêmicas das IES brasileiras com a Postech”, revelou o presidente e reitor João Carlos, após a visita.  No roteiro dentro da instituição foi possível conhecer o Pohang Accelarator Laboratory, que teve um investimento de 200 milhões de dólares da indústria, sendo hoje o mais equipado do mundo na área.

     

    Após a visita, o presidente Yongmin Kim ofereceu um almoço com pratos típicos coreanos à Comitiva da ABRUEM.

     

    Comitiva da ABRUEM durante visita a Postech University