Eventos marcam os 50 anos da Unicamp

    Fonte: Manuel Alves Filho/ UNICAMP

     

    A Unicamp retomou nesta quarta-feira (2) os eventos em comemoração aos seus 50 anos, iniciados em setembro do ano passado. Neste dia, ocorreu a abertura da temporada artística da Orquestra Sinfônica da Unicamp (OSU), que apresentou ao público em geral a ópera “O Empresário Teatral”, de W. A. Mozart, a partir das 20h, no Teatro Municipal Castro Mendes. Na quinta-feira, a obra foi apresentada à comunidade universitária, a partir das 19h, no auditório da Faculdade de Ciências Médicas (FCM).

    Na sequência, ao longo do ano, serão realizados diversos eventos de caráter cultural, artístico, festivo e científico. Um dos destaques é o workshop internacional que reunirá, entre os dias 8 e 10 de setembro, representantes de oito universidades que também estão completando 50 anos em 2016 e que integram o grupo das melhores instituições de ensino com até de cinco décadas existência, segundo o ranking QS.

    Na oportunidade, será discutido o papel dessas escolas de ensino superior no decorrer dos próximos 50 anos e formulada uma proposta de interação científica e acadêmica entre elas. Participarão do workshop as seguintes universidades, além da Unicamp: Calgary (Canadá), Heriot-Watt (Escócia), Bath (Inglaterra), Brunel-London (Inglaterra), Loughborough (estas três na Inglaterra), Ulm (Alemanha) e Konstanz (Alemanha) e Universidade do Sul da Dinamarca.

    Antes desse encontro, no dia 12 de março, sábado, será realizada a primeira edição do ano dos Colóquios Unicamp Ano 50 – De professor para Professor, entre 8h30 e 13h, no Centro de Convenções. A palestrante convidada é a professora Maria Bernadete Abaurre, que falará sobre o tema “Os espaços da leitura e da escrita: Desafios de um mundo conectado”.

    Em seguida, no dia 15 de março (terça-feira), durante todo o dia, ocorrerá a primeira edição de 2016 do evento Perspectivas Unicamp 50 anos- Da Universidade para a Sociedade. O tema central será “Economia Brasileira: Retomada possível do crescimento?”. Especialistas discutirão sobre desindustrialização e as alternativas para a crise brasileira. “Convidamos a sociedade em geral a acompanhar essas atividades, mas queremos convidar especialmente os professores dos ensino fundamental e médio da região a participarem dos Colóquios, visto que o evento é dirigido a eles”, observa a professora Ítala Maria Loffredo Dottaviano, presidente da comissão responsável pela organização dos eventos comemorativos dos 50 anos da Unicamp.

    Em junho, conforme a docente, a Unicamp inaugurará uma grande exposição documental sobre sua história, em espaço da Biblioteca Central Cesar Lattes (BC-CL). “Essa exposição, de caráter itinerante, será montada também em Piracicaba e em outros espaços, tanto dentro quando fora da Universidade”, adianta. Posteriormente, entre os dias 11 e 19 de setembro, será aberta à visitação pública a Mostra de Ciência, Tecnologia e Inovação da Unicamp.

    Todas as unidades de ensino e pesquisa e centros e núcleos interdisciplinares de pesquisa apresentarão os seus principais estudos e inventos produzidos ao longo das últimas cinco décadas. “Estes são alguns dos eventos que vamos promover até 5 de outubro. A programação completa pode ser consultada no site Unicamp ano 50”, destaca a professora Ítala.

    Além dessas iniciativas, a presidente da comissão organizadora também enfatiza a importância do lançamento de uma série especial composta por 50 livros, que serão editados pela Editora da Unicamp. “Nesta série, a ênfase é para obras que tenham relação com a história da Universidade. Até outubro, todos os 50 títulos já terão sido lançados”, assegura a professora Ítala.