Reunião na Embaixada da Austrália dá início ao planejamento da Missão Internacional Abruem 2017

    Presidente e secretário executivo da Associação foram recebidos pelo embaixador  pelo conselheiro de Educação e Ciência

    A Missão Internacional Abruem 2017, por decisão dos reitores das instituições de ensino superior associadas, será na Austrália. Agora, no 59. Fórum, que será realizado entre 19 e 21 de outubro, em Ilhéus, Bahia, uma outra decisão deve ser tomada: a data de realização da viagem. Por sugestão da Embaixada da Austrália no Brasil, a visita técnica às universidades do país deve ser marcada ou para o mês de março ou para outubro.

    O período mais oportuno para a missão foi um   dos  assuntos  discutidos  na  primeira reunião de planejamento realizada entre a Abruem - representada pelo presidente e pelo secretário executivo da instituição, respectivamente, Aldo Nelson Bona e Carlos Roberto Ferreira - e a Embaixada da Austrália no Brasil - que teve como representantes o próprio embaixador, John Richardson, e o conselheiro de Educação e Ciência, Niclas Jönsson -, em Brasília, nessa última semana.

    "A Abruem", relata Aldo Bona, "foi muito bem recebida na Embaixada. A representação da Austrália no Brasil tem todo o interesse em nos auxiliar na organização da missão internacional para o país. O embaixador e o conselheiro nos solicitaram que identificássemos as principais áreas de interesse para que a visita possa ser mais proveitosa do ponto de vista do estabelecimento de parcerias no âmbito da pesquisa e do ensino".

    Para que esse retorno possa ser dado à Embaixada, as instituições de ensino superior associadas devem informar até a próxima segunda-feira, 03 de outubro, pelos emails abruem@abruem.org.br e abruem@gmail.com, quais são as áreas prioritárias para o estabelecimento de convênios de internacionalização, para que a Embaixada possa direcionar a pauta de visitas.

    Durante a reunião, o embaixador e o conselheiro da Austrália aproveitaram a oportunidade para convidar as IES associadas à Abruem a participarem, em novembro, de um encontro, em Brasília, onde estarão presentes representantes de cinco universidades tecnológicas australianas.

    Niclas Jönsson, conselheiro de Educação e Ciência da Embaixada na Austrália no Brasil; Carlos Roberto Ferreira, secretário executivo da Abruem; reitor Aldo Nelson Bona, presidente da Abruem; e John Richardson, embaixador da Austrália no Brasil