UEG participa de projeto em parceria com SEE e PUC-SP

     

    A Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Estadual de Goiás, por intermédio do Centro de Educação a Distância, firmou parceria com Secretaria Estadual de Educação de Goiás, com a  Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e a Microsoft Brasil, para implementação do Projeto Gestão Escolar e Tecnologias – Parceria Universidades.
              
    O projeto foi criado em 2004, com o objetivo de preparar gestores da rede pública de ensino para a incorporação de tecnologias de informação e comunicação na gestão escolar e no cotidiano da escola, com uma base teórica fundamentada nos conceitos de formação contextualizada, articulação teoria-prática, formação na ação, aprendizagem a partir da experiência, interação, reflexão e colaboração com os pares.
               
    De acordo com o coordenador geral do CEAD, professor José Leonardo de Oliveira, o programa é constituído de três momentos, prevendo seu desenvolvimento total num período de oito meses, sendo seis meses de formação e dois meses finais para elaboração de relatórios, de acordo com planejamento detalhado a ser desenvolvido em conjunto.
              
    José Leonardo explica ainda que a PUC-SP será responsável pela formação de 30 professores (20 da SEE e 10 da UEG) que posteriormente conduzirão, em duplas, a formação dos gestores. “Essa formação teve início nos dias 25, 26 e 27, em Goiânia. Os participantes pela UEG foram professores selecionados e indicados pelos diretores da UnUs que já desenvolvem cursos de Educação a Distância e pessoas integrantes da equipe do CEAD. Durante os três dias, os professores da SEE e da UEG foram  capacitados no Núcleo de Tecnologia Educacional -Vila Nova pelos professores Celso Vallin e Nielce M. Lobo da Costa, da PUC. Concluindo esse primeiro momento, os professores terão mais 26 horas de capacitação a distância, partindo em seguida para o segundo momento”, esclarece o coordenador do CEAD.
            
    Na segunda etapa, que começa em junho, o grupo de professores formadores fará a capacitação de aproximadamente 600 gestores de escolas estaduais de ensino fundamental, num total de 80 horas de curso, sendo parte presencial e parte a distância. A terceira fase será dedicada à avaliação e sistematização sobre a formação e a gestão do curso para viabilizar a transferência da metodologia e da gestão pedagógica, técnica e de logística do Projeto para a UEG. “A partir de 2009, a UEG deverá fazer a implementação de novas turmas em parceria com a Secretaria de Educação e seus  Núcleos de Tecnologias. A UEG também fará a montagem de turmas com material e metodologia adaptados e desenvolvidos para turmas específicas que atendam às necessidades dos gestores e professores da UEG no que se refere a Gestão Escolar e Tecnologias”, conclui José Leonardo.