Hospital da Unimontes torna-se referência no atendimento ao idoso em Minas Gerais

     

    A partir de agora, a população idosa do Norte de Minas contará com uma estrutura de atendimento considerada a mais avançada de Minas Gerais, que terá uma equipe multidisciplinar e equipamentos de última geração. O serviço será oferecido pelo Centro de Referência em Assistência à Saúde do Idoso ‘Eny Faria de Oliveira’, vinculado ao Hospital Universitário Clemente Faria, da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), cuja inauguração está marcada para esta quinta-feira, às 20 horas. A solenidade será presidida pelo reitor, professor Paulo César Gonçalves de Almeida, e contará com as presenças do secretário de Estado de Saúde, deputado Marcus Pestana, do secretário-adjunto de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, professor Evaldo Vilela – representando o secretário Alberto Portugal -, do prefeito Athos Avelino e da senhora Maria Jacy Faria Ribeiro (representando a família da homenageada), além de parlamentares e outras autoridades, servidores e convidados.
     
    Viabilizado a partir de doação do empresário Aloysio de Andrade Faria, com o apoio do Governo de Minas, o Centro de Referência à Saúde do Idoso terá capacidade para o atendimento de 92 pacientes/dia e servirá como suporte para a formação da rede de atenção à saúde do idoso na região. Todos os procedimentos ali realizados serão gratuitos, bancados exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A meta é abranger todo o Norte de Minas, mas, inicialmente, será priorizado o atendimento às microrregiões de Montes Claros/Bocaiúva e Janaúba/Monte Azul, envolvendo 27 municípios.
     
    A estrutura do serviço - Construído em área anexa ao Hospital Universitário Clemente de Faria, na rua Primeiro Centenário, 101, bairro Cândida Câmara, o Centro de Referência em Assistência à Saúde do Idoso “Eny Faria de Oliveira” dispõe de equipamentos modernos de fisioterapia, raio-x odontológico, ultra-som e eletrocardiograma, contando, ainda, com salas de reabilitação física e de hidroterapia. Um diferencial do serviço especializado será o exame de densitometria óssea, que visa o diagnóstico e a prevenção da osteoporose.
     
    A unidade contará com equipe multidisciplinar, incluindo geriatras, clínicos, nutricionistas, fonoaudiólogos, assistentes sociais, farmacêuticos, psicólogos, fisioterapeutas e cirurgiões-dentistas, além de profissionais de educação e terapia ocupacional. O atendimento será oferecido de segunda à sexta-feira, das 7 às 19 horas. O serviço “HU em Casa”, pioneiro em Minas Gerais na internação domiciliar, também será incorporado à estrutura do Centro de Referência à Assistência à Saúde do Idoso.