Professora e pedagogo formado pela UEPG recebem prêmio em congresso internacional

     

    O trabalho “A Pedagogia Social na Educação: análise de perspectivas de formação e atuação dos educadores sociais no Brasil”, de autoria do pedagogo formado pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Érico Ribas Machado, obteve menção honrosa pelo primeiro lugar na mostra do II Congresso Internacional de Pedagogia Social, organizado pela faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP), durante os dias 16 a 19 deste mês.
               
    Orientado pela professora do departamento de Educação da UEPG, Ercília Maria Angeli Teixeira de Paula, o trabalho foi resultado de uma pesquisa do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic/CNPq). Com doutorado em Educação pela Universidade Federal da Bahia, a professora Ercília conta que, inicialmente, o trabalho havia sido enviado para apresentação em categoria pôster. “Durante o evento, a comissão científica solicitou que a apresentação fosse incluída na sessão de comunicação oral, em conjunto com as pesquisas de mestrado e doutorado”.
     
    De acordo com Érico, atual representante da comunidade junto ao Diretório Central de Estudantes da UEPG, dos 110 trabalhos enviados, foram selecionados 23 pôsteres e 15 comunicações orais. Segundo ele, a escolha da menção honrosa foi feita por professores de diferentes universidades do Brasil, representantes da USP e os doutores convidados Bernd Fichtner (Alemanha) e Sanna Ryynanem (Finlândia). “A comissão científica justificou sua escolha devido ao fato do trabalho apresentar consistente elaboração teórica no campo da Pedagogia Social”, comenta o pedagogo, que participou das discussões para a reformulação curricular do curso de Pedagogia, em 2005.
     
    Outros elementos importantes apontados pelo comitê na análise do trabalho e que auxiliam a discussão da Pedagogia Social no Brasil foram a participação do ex-aluno em dois projetos de pesquisa de iniciação científica – o primeiro orientado pela professora doutora Maria Virginia B. Berger e o segundo por Ercília de Paula, bem como a participação em projetos de extensão na UEPG, como Projeto Acessibilidade na Universidade, Brinquedoteca Hospitalar e Projeto Rondon (na cidade de Salgado em Sergipe). O II Congresso Internacional de Pedagogia Social, além de trabalhos brasileiros, recebeu representantes do Uruguai, Equador, Finlândia, Peru e Alemanha.