Fórum Nacional de Reitores tem palestra sobre agências de fomento.

        O segundo dia de trabalho do 43º Fórum Nacional de Reitores da Abruem (Associação Brasileira de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais), que está sendo realizado no Jatiúca Resort Hotel, foi aberto na manhã desta quinta-feira, com a palestra de Mario Zaldivar Rivera, vice-presidente da Associação Panamericana de Crédito Educativo (APICE). Ele destacou a importância das linhas de crédito para fomentar trabalhos pesquisas e pós-graduações para o desenvolvimento socioeconômico de um estado.

        Segundo o palestrante, o desenvolvimento de pesquisas em países da América Latina está dependendo de investimentos em recursos humanos especializados. “Nós oferecemos melhores condições de crédito para as pessoas que fazem estudos especializados tanto no próprio país quanto no exterior. É um plano que visa capacitar recursos humanos”, disse.

        Mario Zaldivar Rivera falou sobre a tradição brasileira em pesquisa. “O país está à frente de muitos países da América Latina. Acredito que as pesquisas e o ensino em pós-graduação é um dos mais importantes e fortes na região”, revelou. Em relação a Alagoas, disse que o Estado pode ter um sistema de crédito educativo. “Alagoas tem condições de formar uma instituição que possa financiar estudantes. Atitudes como essa são a chave do desenvolvimento”, falou.

        De acordo com o reitor da Universidade Estadual de Alagoas, Dácio Brito, o objetivo do fórum é fazer uma discussão sobre a pesquisa e pós-graduação. “Pensar em pesquisa e pós-graduação é falar em desenvolvimento, principalmente em nosso Estado, que tem em relação a esse tema uma política relativamente nova”, afirmou.

        Para o reitor da Universidade de Ciências da Saúde de Alagoas, André Falcão, a vinda do fórum para Alagoas é muito importante. “É um momento de fortalecimento das instituições de ensino superior. O tema é muito profícuo, uma vez que pesquisa e pós-graduação são as áreas mais complexas de uma universidade”, falou. Falcão falou da importância em firmar parcerias com instituições de outros estados visando à troca de experiências e melhorias para o ensino alagoano.