Semana das Ciências Agrárias debate avanços da agropecuária regional.

        O conhecimento produzido nas atividades curriculares dos cursos de Agronomia e Zootecnia, ministrados pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) no Campus de Janaúba, vem beneficiando a produção agropecuária do Norte de Minas. E para apresentar os resultados práticos desse trabalho, além de analisar as novas demandas dos produtores rurais, a Unimontes está realizando desde a última segunda-feira (3), a 3ª Semana das Ciências Agrárias (Seagri/2008), com atividades previstas até esta sexta-feira (7), envolvendo cerca de 400 pessoas, entre professores, acadêmicos, pesquisadores, técnicos, produtores e convidados.

     

        De acordo com o professor Felipe Shindy Ajura, do departamento de Ciências Agrárias e um dos coordenadores do evento, a prioridade da Unimontes para este evento é a abordagem de “temas relevantes para o incremento da produção vegetal e animal no âmbito regional, com destaque para o biodiesel, reflorestamento, resíduos agropecuários (aproveitamento) e a agroecologia”.

     

        Através de palestras e cursos, além de visitas técnicas, estão sendo abordados os diversos setores produtivos que integram o campo de estudo dos cursos da Unimontes ministrados em Janaúba, nas áreas de ensino, pesquisa, extensão e prestação de serviços. Como destaques, a pecuária, fruticultura, forragicultura e mecanização agrícola, dentre outros.

     

        “A principal meta da equipe da Unimontes é consolidar a evolução da agropecuária como conseqüência do conhecimento mútuo, isto é, entre os acadêmicos de Agronomia e Zootecnia e os produtores rurais da região”, destacou o professor Felipe Shindy. Entre os parceiros da Unimontes na realização do evento estão a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater/MG), Petrobras e Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig).