Intercambistas da Unoesc na 2ª Feira Mundial de Estudos no Exterior.

         As acadêmicas do curso de Comunicação Social habilitação em Publicidade e Propaganda da Unoesc, Juliane Pissoli e Vanessa Balestrin, representaram o Brasil na 2ª Feira Mundial de Estudos no Exterior. O evento foi realizado no final de novembro, na Universidade do Pacífico (UPA), de Santiago do Chile. As duas estudantes ficaram encarregadas de acolher os visitantes e prestar explicações sobre como funciona a educação superior no Brasil e em Santa Catarina. Outros quatro alunos da Unoesc também participam do intercâmbio com a UPA: Airton Fabro, Ângela Lunardi e Tailana Infeld, também do curso de Comunicação Social habilitação em Publicidade e Propaganda, e Geovan Bedin Pereira, do curso de Administração habilitação em Comércio Exterior. O grupo está concluindo as atividades letivas do semestre e se prepara para retornar ao Brasil na metade de dezembro.


          O Coordenador de Assuntos Interinstitucionais da Unoesc, professor Luiz Gonzaga de Lima, que participou do evento e conviveu com docentes e com a alta direção da UPA, comenta que foi bem recebido na Instituição. “Fiquei deveras sensibilizado com a cortesia e amabilidade com que fui tratado. Não é outro o sentimento de nossos alunos que lá estão.”


          Segundo ele, o Reitor da UPA, professor Júlio Ortúzar Prado, dispensou-lhe especial atenção durante a Feira e durante o encontro protocolar em seu gabinete. “Não posso deixar de consignar todo o generoso cuidado e carinho que me foi prodigalizado pelo pessoal da diretoria de Relações Internacionais, nas pessoas de seu diretor, o professor John Cowell e da coordenadora, professora Jazmin Selman.”


          Quanto ao convênio de cooperação acadêmica existente entre a UPA e Unoesc, o professor explica que há a plena convicção e vontade de se ampliar as possibilidades do intercâmbio, incluindo os cursos de Agronomia e Veterinária, que funcionam numa pequena cidade, distante cerca de 35 km de Santiago, na localidade de Melipilla. O Coordenador observa, ainda, que o contato dos alunos com a realidade de outras universidades é extremamente relevante para a formação e crescimento pessoal dos estudantes. 


          “A convivência interuniversitária nos moldes deste programa é de suma valia para o crescimento pessoal de todos aqueles que dele podem participar. É no sentido da ampliação dessas oportunidades, de efetivação de programas de mobilidade estudantil e docente, que a Unoesc aponta, considerando-a uma área estratégica entre 2009 e 2012.

     

    Acadêmica de Comunicação Social da UNOESC representa o Brasil em Santiago.