Estudantes do Norte de Minas entre os premiados na Olimpíada de Matemática.

    O Ministério da Ciência e Tecnologia divulgou nesta semana, os resultados finais da 4ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Vinte e cinco alunos do Norte de Minas, região na qual a Universidade Estadual de Montes Claros é a coordenadora dos exames, estão entre os premiados em nível nacional com medalhas de ouro, prata e bronze pelo bom desempenho nas provas realizadas no ano passado.

     

    A cerimônia de premiação para os melhores do País acontecerá em março, no Rio de Janeiro, organizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA). Os estudantes norte - mineiros conquistaram seis medalhas de ouro, nove de prata e dez de bronze, além de uma Bolsa de Iniciação Científica oferecida pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

     

    O evento de premiação em nível regional vai acontecer no mês de abril e será organizado também pela Unimontes. Deverão comparecer os estudantes que obtiveram as 100 melhores notas, além de professores, diretores das escolas e os acadêmicos que atuam na OBMEP como monitores. Ainda sob orientação da Universidade, os 25 medalhistas em nível nacional participarão durante 12 meses de estágios dirigidos sob orientação de professores do departamento de Ciências Exatas, ligado ao Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CCET).

     

    MAIS DESTAQUES - A Escola Estadual Professor José Américo Barbosa, de Mato Verde, foi destaque nacional pela segunda vez na OBMEP, já que a média geral dos seus alunos esteve entre as maiores do País. Pelo desempenho, receberá uma biblioteca básica em Matemática e Ciências. A professora Alaíde Antunes Freitas, da mesma escola, participará de um estágio oferecido aos professores premiados no IMPA.

     

    Em toda a região, a Unimontes foi responsável pelos exames das 1ª e 2ª etapas da OBMEP para 542 escolas de 87 municípios, reunindo cerca de 227 mil alunos do ensino fundamental e médio. O professor Antônio Wilson Vieira, da Unimontes, é o supervisor geral do Pólo 7, que corresponde ao Norte de Minas.

     

    SOBRE AS OLIMPÍADAS - A OBMEP é realizada pelos Ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia, com o apoio do IMPA e das universidades públicas,  tendo como objetivo  despertar maior interesse pela matemática entre os alunos das escolas públicas, além de valorizar o trabalho dos professores. Conforme o regulamento do projeto, são concedidas 100 medalhas de ouro para os melhores colocados em cada nível, 600 de prata e 2.100 de bronze, além de 3 mil bolsas de iniciação científica do CNPq. Os alunos premiados concorrem, ainda, a certificados de Menção Honrosa.

     

    Em todo o País, as Olimpíadas reuniram 18.326.029 alunos, sendo 6.270.982 do nível I (5ª e 6ª séries do Ensino Fundamental), 5.149.995 do nível II (7ª e 8ª séries) e 6.808.052 do nível III (ensino médio).