Caminhada solidária da Unitau promove ações ambientais e de cidadania.

    Com o intuito de promover a integração dos alunos de uma forma original na semana do início das aulas, a Universidade de Taubaté (UNITAU) promoveu, nesta quinta-feira, dia 12 de fevereiro, uma caminhada solidária, que uniu música, diversão e ações de cidadania e de meio ambiente. A caminhada teve o objetivo de conscientizar a comunidade acadêmica e a sociedade para a importância da doação de sangue e da preservação da natureza.

     

    Cerca de 150 alunos, entre calouros e veteranos, de diversos cursos da Instituição, participaram da atividade, que foi organizada pela Pró-reitoria Estudantil em parceria com o Hemonúcleo de Taubaté e a Ong "Reflorestar é viver", tendo também o apoio do Departamento de Trânsito do município.

     

     

    O evento, que fez parte do "Trote Solidário" da UNITAU, teve início na Praça Santa Terezinha, com uma gincana de caça à sementes de diversos tipos de árvores, organizada pela Ong ambiental. A atividade teve o intuito de conscientizar os alunos sobre a importância do plantio e da preservação das árvores. Todas as sementes encontradas pelos alunos serão germinadas na sede da Ong e devolvidas à Universidade no mês de junho, durante a Semana do Meio Ambiente, para serem plantadas em diversos departamentos da Instituição.

     

    Após a "caçada" ambiental, os alunos participaram de um alongamento com professores do curso de Educação Física da UNITAU, que contou com a animação de um grupo de marchinhas de carnaval. Em ritmo de samba, o grupo deu início à caminhada, tendo como ponto final o Complexo do Bom Conselho.

     

    Durante o percurso, os alunos distribuíram panfletos à comunidade que tratavam da importância da doação de sangue ao Hemonúcleo de Taubaté, que atende ao município e a diversas cidades da região e que nesta época do ano sofre com a redução no número de doadores. Ao chegarem no Bom Conselho, os alunos ajudaram a plantar três mudas de árvores, doadas pela Ong "Reflorestar é viver", que representavam as três áreas do conhecimento: Biociências, Ciências Exatas e Humanidades.

     

     

    TROTE SOLIDÁRIO – A caminhada solidária foi uma das diversas ações que compuseram o "Trote Solidário", evento organizado pela UNITAU, há dois anos, para a recepção dos novos alunos.

     

    O projeto, que foi organizado pela Pró-reitoria Estudantil em parceria com os departamentos da Universidade, os Diretórios Acadêmicos (D.A.) e  Centros Acadêmicos (C.A.) e o Diretório Central dos Estudantes (DCE), teve o intuito de promover a integração dos calouros com os veteranos, por meio de ações criativas e voltadas à cidadania. "A Universidade de Taubaté, por meio desse conjunto de atividades, se posiciona contra o trote violento e incentiva a promoção de atividades saudáveis, que visam receber, da melhor forma possível, os novos alunos que passam a compor o quadro de estudantes da UNITAU", afirma o Pró-reitor Estudantil, Prof. Ms. Armando Antônio Monteiro de Castro.

     

                Além dessa atividade, os novos alunos participaram de visitas a instituições filantrópicas do município e arrecadaram alimentos, material escolar, produtos de higiene pessoal, material de limpeza e brinquedos para serem distribuídos nesses locais. O Departamento de Ciências Sociais e Letras arrecadou mais de 120 kg de alimentos para as Casas Pias, uma instituição de idosos localizada no centro de Taubaté. Os alunos farão a entrega dos alimentos neste sábado, dia 14 de fevereiro, a partir das 10h.

     

    No mesmo dia, a partir das 8h, os alunos do Departamento de Serviço Social farão um trabalho voluntário na Instituição Esperança, que atende famílias de baixa renda do bairro Três Marias, em Taubaté. Entre as ações previstas para serem realizadas na entidade estão a organização da biblioteca, o auxílio na cozinha e a limpeza da instituição.

     

    Outros cursos da Universidade, como Medicina e Ciências Biológicas, também arrecadaram alimentos durante esta semana especial. Boa parte do material arrecadado já foi entregue às instituições contempladas, como a Avape (Associação para Valorização e Promoção de Excepcionais) e outra parte será entregue até o fim do mês.   

     

    O Departamento de Enfermagem, por exemplo, promove até o final de fevereiro uma campanha de arrecadação de material escolar, que será entregue ao Lar Irmã Amália, entidade assistencial que atende a crianças e adolescentes de baixa renda de Taubaté.

     

    Como parte do "Trote Solidário", os alunos também participaram de atividades sociais ligadas diretamente aos cursos nos quais ingressaram. É o caso dos universitários do Departamento de Odontologia, que realizaram orientações de higiene bucal nas Casas Pias e na creche da UNITAU.

     

    Consciência Ambiental - Além das ações sociais, os novos alunos também puderam visitar uma exposição, promovida pela Ong Greenpeace,  composta por 14 fotografias que retratam o impacto ambiental causado pelas mudanças climáticas e pelo aquecimento global.

     

    Batizada de "Mudanças Climáticas", a mostra circulou por diversos departamentos da UNITAU e discutiu temas como aquecimento global e a produção de alimentos transgênicos. A exposição teve como objetivo despertar os acadêmicos e o público em geral para a consciência ambiental e para a importância da promoção da sustentabilidade como um item presente nas realidades de diferentes profissões atualmente.

     

    Os cursos também realizaram ações específicas para a recepção dos calouros, atividades que tiveram o intuito de mostrar um pouco da realidade do curso e da profissão para os novos alunos. O curso de Arquitetura e Urbanismo, por exemplo, promoveu uma visita aos prédios históricos da cidade, como o Solar da Viscondessa e a Quadra D, que integravam o conjunto arquitetônico da CTI (Companhia Taubaté Industrial). Os dois prédios, hoje, pertencem à UNITAU e passam por reformas que contam com a participação direta dos alunos do curso de Arquitetura.

     

    O curso de Ciências Biológicas organizou uma atividade que fez com que os alunos tomassem conhecimento sobre as diversas vertentes da profissão. Os calouros visitaram os laboratórios que abrigam aulas do curso no Complexo do Bom Conselho e conheceram um pouco mais dos estudos desenvolvidos sobre a biologia de anfíbios, mamíferos e répteis.  

     

    Já os calouros do curso de Agronomia, por sua vez, visitaram o Viveiro Florestal de Taubaté e puderam conhecer algumas mudas de plantas, visitar o laboratório de análise de vegetais e tirar dúvidas com os profissionais da área que trabalham no local.

     

    As ações do "Trote Solidário" também vislumbraram a integração entre os novos e os antigos alunos. Um exemplo dessas atividades foi o evento cultural, organizado pelo Departamento de Ciências Sociais e Letras, que congregou música e poesia. Outro exemplo foram as competições esportivas organizadas pelos veteranos do curso de Medicina, que incluíram futebol e vôlei, entre calouros e veteranos.

     

              Nessas atividades, houve a apresentação das instalações e do funcionamento dos cursos e, também, dos órgãos que representam os alunos junto à instituição: o Diretório Central de Estudantes (DCE) e os Centros e Diretórios Acadêmicos (C.A. e D.A., respectivamente).