Unisul efetiva parcerias com IES italianas.

    Convênio internacional possibilitará que professores e egressos do curso de Gastronomia da Unisul possam cursar pós-graduação na Universidade de Pádua, na Itália

           Os professores e egressos do Curso de Gastronomia da Unisul vão poder cursar pós-graduação em Ciência e Cultura da Gastronomia e Restauração na Universidade de Pádua, na Itália. O reitor Gerson Luiz Joner da Silveira acertou os detalhes do convênio com a instituição italiana. O coordenador do Curso de Gastronomia de Pádua, professor Giovanne Dittante, acenou com a possibilidade de liberar bolsas de estudos a estudantes carentes da Unisul.

           Acompanhado do professor Marcus Vinicius Ferreira, pró-reitor de Administração, e do professor Bruno Brunello, que responde pelos convênios da Unisul na Itália, o reitor Gerson da Silveira obteve do Instituto Albergueiro, de Castelfranco, o apoio para a implantação de laboratório em Braço do Norte, onde a Unisul plantou mudas de 25 variedades de uvas européias, com o objetivo de saber quais as que se adaptarão melhor ao clima do Sul de Santa Catarina. Os primeiros experimentos de vinhos já estão sendo desenvolvidos pela equipe do Curso de Agronomia.

           O reitor da Unisul visitou a Universidade de Ferrara uma das mais antigas da Itália, fundada em 1391 e que teve como aluno o astrônomo e médico Nicolau Copérnico. Situa-se na região de Emília Romagna, próximo à Bologna. O reitor Patrizio Bianchi reiterou o desejo da sua instituição de desenvolver parcerias nas áreas de tecnologia e medicina e demonstrou interesse no Curso de Naturologia: “importamos ervas medicinais da China e poderemos desenvolver negócios com Santa Catarina”, admitiu.

          Depois de visitar incubadoras e o centro de transferência e inovação tecnológica da Universidade de Ferrara, o professor Gerson da Silveira disse que a Unisul tem interesse em parcerias que impliquem no desenvolvimento de conhecimento nessas áreas e, também, na de neurociência.