Unidade de Biodiesel da Unicentro recebe R$ 300 mil em investimentos.

          A Miniusina-piloto de Biodiesel da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (Unicentro), recebeu R$ 300 mil da Unidade Gestora do Fundo Paraná – Seti/UGF, para ampliação de espaço. Sob coordenação dos professores Paulo Rogério Pinto Rodrigues e Maico Taras da Cunha, o projeto visa a modernização da unidade, atendendo as novas necessidades e exigências do mercado no processo de obtenção dos biocombustíveis.

          Atualmente a unidade opera pelo processo tradicional de obtenção de biodiesel e tem capacidade de processar óleos vegetais de soja ou girassol, diretamente após o processo de extração de suas oleaginosas. De acordo com o professor Maico, com o processo de reformulação da unidade, empregando-se novas tecnologias desenvolvidas pelo próprio grupo de pesquisa, será possível o processamento e reaproveitamento de óleos e gorduras residuais, que, atualmente, são matérias primas com custo viável para a produção de biodiesel.

         A conclusão das obras de ampliação na unidade estão previstas para o primeiro semestre de 2010.